Arte e Cultura

Festival Literário de Poços de Caldas que apresenta “Literatura sem Fronteiras

14ª edição do Festival que vai acontecer de 27 de abril a 05 de maio

Pensada para provocar o público a sair do modo comum, o festival vai destacar a literatura hispano-americana trazendo à Poços alguns dos mais importantes escritores latino-americanos.

Rica, intensa e cheia de história, a literatura latino-americana ainda é pouco explorada e difundida em terras brasileiras. Assim, o Flipoços – Festival Literário de Poços de Caldas – que vem se firmando ao longo dos anos como um festival eclético, diverso, apartidário, temático e para todos – viu nesse momento a oportunidade de valorização dessa literatura que se confunde com a formação da literatura brasileira.

Dando espaço aos novos  rostos da literatura  brasileira, a Flipoços apresenta entre os convidados F. E. Jacob com  seu romance de estreia, Homo tempus, uma   distopia que começa com uma viagem para um futuro com  neandertais. Nesse contexto o autor traça um diálogo consistente entre passado, presente e futuro sem apelar ao reacionarismo barato ou às ideologias ingênuas.

O protagonista, Wallace Vidal, bibliotecário pouco afeito às tradições e sabedorias com que tem contato em seu ambiente de trabalho, é o guia de viagens no tempo que mais simbolizam as viagens de sua própria alma. Do frágil passado neandertal ao totalitário futuro eugênico, é ele o guia do leitor que passa, em ritmo frenético, a emergir em diferentes tempos e sociedades.

Em escrita fluida F.E. Jacob propõe  um questionamento até que ponto a crença na evolução humana, cada vez mais em voga, não acaba gerando uma latente involução moral.

O escritor mostra muito bem, utilizando do próprio fato de seu protagonista ser um jovem da geração Z, como o individualismo exacerbado cega o homem de sua responsabilidade. Wallace Vidal maneja livros diariamente, mas não enxerga valor neles. É ele o protótipo, pelo menos de início, do jovem desconectado com o passado e o futuro, o que o deixa relapso e indiferente ao próximo e a si mesmo.

F. E. Jacob acrescenta uma esperançosa interrogação, sem esquecer de dissecar a natureza humana em seu âmago. Existe discussão mais atual do que a que questiona o que é ser humano?

 Homo tempus que acaba de ser recebido no catálogo  da Biblioteca Nacional de Estrasburgo na França  onde parte da trama do livro acontece, está sendo elogiado pelos seus leitores e críticos literários por apresentar uma linguagem diferenciada e uma profundidade nos questionamentos de temas  da atualidade. Mineiro que vive  em Brasília, o  Engenheiro e Economista  F. E. Jacob estará recebendo os visitantes da Flipoços no dia 30/04 às 18h na Biblioteca Centenário.

Livros a venda nos web site:

www.sromeropublisher.com

www.amazon.com

www.amazon.com.br

Redes sociais:

Facebook :  @Htempus
Instagram: homotempus

Contato  para  entrevista   com o  escritor  F.E Jacob (61) 8130 2229

Contato com Agente Literária Silvane Hamill +1 530 708 1895

literatura
Foto Divulgação
literatura
Foto Divulgação

Rosilene Bejarano

Nascida em Corumba Ms: - Blogueira ( Coisas Do Sul) (egonoticias) Miss Plus Senior SC, Modelo Plus, Embaixadora da Paz, atualmente resido em Joinville Santa Catarina, cursando marketing digital,formada em Hotelaria e excelência em atendimento, técnicas Imobiliárias,Secretaria nacional da Abramecom. Recebi o premio internacional de imprensa empreendedora Dr Rey 2017.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar