Comportamento

7 dicas para escolher a melhor escola para as crianças

A psicopedagoga Lorena Nolasco explica os prós e contras na hora de efetuar a matrícula escolar

Em um piscar de olhos o fim do ano chegou. Além da retrospectiva dos meses que já passaram, para pais e responsáveis, esse é o momento de matricular as crianças na escola.
Muitos continuam apostando na mesma instituição, mas em alguns casos a única alternativa é mudar de estratégia. Para a psicopedagoga Lorena Nolasco, de Florianópolis. Existem sete pontos que precisam ser levados em consideração antes de escolher a melhor opção de escola para os pequenos. Eles são:
Psicopedagoga Lorena Nolasco - Divulgação
Psicopedagoga Lorena Nolasco – Divulgação
1) Os espaços livres fazem a diferença
Todos os ambientes da escola devem ser de livre acesso às crianças. No entanto, é importante observar a existência de ambientes específicos para cada faixa etária. As instituições mais compactas sofrem com a movimentação excessiva dos alunos menores. As escolas com pátios grandes e plays in door são muito recomendadas para crianças de até 12 anos. Principalmente porque algumas famílias não possuem ambientes amplos em casa para usufruir com os filhos.
 
2) A metodologia da escola importa e muito
As famílias começaram agora a se preocupar com a proposta pedagógica das escolas. É de extrema relevância saberem absolutamente tudo sobre o sistema de ensino. Pois é este item que garante o sucesso ou não do ano escolar.
 

7 dicas para escolher a melhor escola para as crianças 1

3) Período de adaptação para pais e crianças: o período de adaptação escolar varia de família para família. O legal é criar uma identificação com a escola. Já na primeira semana, só assim nascerá o vínculo de confiança entre pais, crianças e funcionários. Para os pequenos é importante destacar a receptividade das professoras e a organização dos horários de adaptação. 
“Evite escolas que proíbem os pais de entrar nas salas durante esse período, o correto é sempre haver a possibilidade de ficar junto com a criança caso seja necessário”.
 

 

4) Cada um no seu quadrado. Todos os ambientes da escola devem ser separados ou preparados para atender cada faixa etária. Isso garante a eficácia dos planejamentos e intenções de aprendizagem do professor.
 7 dicas para escolher a melhor escola para as crianças 2
5) O que é realmente indispensável?. As escolas bilíngues, por exemplo, trazem um conhecimento a mais para seus alunos. Entretanto, o incentivo ao esporte, a qualidade de vida e dos materiais utilizados e um plano curricular. Adequado aos níveis de ensino são os quesitos indispensáveis dentro de uma escola.
 
6) Tem que estar na lista de prioridades: o diálogo entre a escola e a família deve ser uma das prioridades da instituição.
 7 dicas para escolher a melhor escola para as crianças 3
7) O endereço é o de menos: a escola ideal pode estar perto de casa ou perto do coração. O que conta é a felicidade da criança.

 

Rodolfo Bracali

Nascido na Argentina, Rodolfo Bracali mora no Brasil a 19 anos. Como Jornalista. Gerador de Conteúdo, Publicação de Artigos, Apresentador do Programa Momentos no Canal EgoTV. Tudo isso você pode acompanhar nos meus espaços na Web. +55 31- 9 9885-9387 / 9 9714 - 6422 - VIVO - e-mail: rcb539@gmail.com - Skype: Rodolfo.Bracali48 - Belo Horizonte- MG

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar