Arte e Cultura

25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo contará com 291 autores nacionais e 22 internacionais

Serão 1.500 horas de atividades e 14 espaços oficiais com eventos relacionados ao universo literário.

25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo começa na próxima sexta-feira

Entre os dias 3 e 12 de agosto acontece a 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, realizada pela Câmara Brasileira do Livro (CBL).

Ao completar 50 anos, o conceito criativo tem como proposta destacar o livro como principal fonte do conhecimento em meio ao turbilhão de estímulos e canais de acesso a conteúdos que a tecnologia hoje proporciona.

A edição ocupa a totalidade do espaço do Anhembi (75 mil m2), recebe selos editoriais de todos os gêneros.

Mantém ainda o preço do ingresso da última edição – sem reajustes – e cresce em programação cultural.

“Tivemos o cuidado de trazer uma programação capaz de atingir todos os públicos – das crianças aos adultos – buscando temas atuais, além de melhorar a infraestrutura para melhor conforto e circulação dos visitantes. Este ano, a Bienal do Livro está ainda mais multicultural, une entretenimento, conhecimento, inovação e, claro, muita literatura”, afirma Luís Antonio Torelli, presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL).

Bienal Internacional do Livro 2018 - Foto divulgação
Bienal Internacional do Livro 2018 – Foto divulgação

Leia mais: Festival do chocolate em Campos do Jordão 

Durante os 10 dias de Bienal, os visitantes poderão ter contato com autores, em encontros e palestras exclusivas.

Na programação já estão confirmados importantes autores da cena literária do Brasil e do exterior.

Entre os nomes internacionais estão: A. J. Finn, de “A Mulher na Janela”, que em breve ganha as telas do cinema pela Fox Filmes; Victoria Aveyard, autora da série “A Rainha Vermelha”; Soman Chainani, autor da série “A escola do bem e do mal”; Yoav Blum, autor de “Os criadores de coincidências” , além de  Lauren Blakely (05/08), autora “Mister O”.

Já entre os brasileiros estão confirmados: Maurício de Sousa, Mario Sergio Cortella, Luiz Felipe Pondé, Fernanda Montenegro, Ziraldo, Carolina Ferraz, Thiago Castanho, Helena Rizzo, Pam Gonçalves, Carol Christo, Babi Dewet, a turma do Casseta & Planeta, Antonio Prata,  Miriam Leitão, Julián Fuks, Maria Rita Kehl e também Luiz Ruffato.

O público também poderá contar com a experiência de receber autógrafos dos best-sellers.

Em alguns encontros, como no caso da fanfic e wattpad escritores brasileiros do segmento debatem com os leitores suas produções.

Em outras mesas, por exemplo, serão discutidas as obras de grandes autores como J. R. Tolkien ou a emblemática saga de J. K Rolling.

Assista ao vídeo sobre a Bienal:

Leia ainda: Dez motivos para se hospedar no Cristalino Lodge na  Floresta Amazônica

Negócios

Uma das mais importantes feiras literárias do mundo, a Bienal criou sua história também no campo dos negócios.

Por isso, o evento abrigará três importantes iniciativas para profissionais do setor: a 1a Jornada Profissional (rodada de negócios com players nacionais e internacionais); o InterLivro (fórum de discussões sobre o mercado editorial) e o Papo de Mercado, dedicado a reflexões sobre temas de interesse dos profissionais da cadeia do livro como tendências e futuro do setor.

Com o intuito de fomentar o segmento editorial brasileiro também fora do país e expandir o acesso dos brasileiros à rica literatura árabe, esta edição traz como convidado de honra Sharjah, um grande polo de educação e cultura dos Emirados Árabes Unidos, eleita pela UNESCO a capital mundial do livro 2019.

Sharjah também abriga a Sharjah Publishing City, a primeira zona livre do mercado de publicação e impressão mundial.

Outras novidades deste ano são a visitação universitária e a ampliação do dia do Cosplay.

Nos dias 7 e 9 de agosto acontece o dia do Cosplay: quem for vestido a caráter não paga ingresso para o evento.

Assim como a visitação escolar, a de universitários pretende conquistar mais leitores.

Leia Mais: Educadora participa de tarde de autógrafos na Bienal Internacional do Livro

Espaços culturais: 

Com uma programação capaz de atingir das crianças aos adultos e com temas contemporâneos e que abarcam a diversidade em todos os aspectos, a Bienal do Livro marca 2018 com um espaço inédito voltado para debates de educação e inovação: Espaço do Saber Microsoft.

Os debates e atividades deste espaço conectam-se com o impacto da inovação na Educação e suas tendências, mostrando sua relação com a literatura – temas bastante presentes e importantes na sociedade atual.

Traz também espaços que destacam a literatura regional com discussões sobre patrimônio cultural (Espaço Cordel e Repente), atividades voltadas para o público infantil, juvenil, para os amantes da gastronomia, entre outros.

A programação completa do evento pode ser acessada  aqui: 

Serviço:

25ª Bienal Internacional do livro, no Pavilhão do Anhembi – São Paulo/SP

Data: 3 a 12 de agosto. Segunda à sexta das 9h às 22h – De sábado e domingo das 10h às 22h

Livre

Local Pavilhão de Exposições do Anhembi: Av. Olavo Fontoura, 1209, Santana, São Paulo, SP

Ingressos: R$25,00 (inteira) e R$12,50 (meia)

Gratuito para professores  com credenciamento no site da Bienal do Livro: http://www.bienaldolivrosp.com.br/Contato/Credenciamento-de-Profissionais/

Leia Mais: Escritor e bibliófilo Rendrik F. Franco lança seu terceiro livro de poemas

 

 

 

 

 

Cristina Aguilera

Cristina Aguilera é jornalista com pós graduação em Mídias na Educação pela Universidade de São Paulo (USP) . Foi repórter de tv, rádio, revista, assinou colunas de Turismo e Moda. É co autora do livro “ A educação contada pela imprensa” junto com Cesar Callegari. Adora moda, turismo, educação, literatura, designer e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar