MIDIA 05 – Top Mega Banner 970 x 250 – DESK
Saúde e Bem-Estar

Estudo espanhol mostra que álcool aumenta a TPM pelo menos 45% dos casos 

A informação foi confirmada por um estudo da Universidade de Santigo de Compostela

Álcool aumenta a TPM
Estudo espanhol constata que sintomas aumentam em pelo menos 45% dos casos 
 
A Tensão Pré-Menstrual, famosa TPM, é uma realidade na vida de muitas mulheres e causa diversos desconfortos.
O que a mulherada não sabe é que consumir bebida alcoólica, mesmo que moderadamente, intensifica seus sintomas.
Sobretudo, a informação foi confirmada por um estudo da Universidade de Santigo de Compostela (Espanha). 
Pesquisadores descobriram que a ingestão de álcool está agregada a um aumento de 45% da TPM. Para mulheres que bebem com mais frequência, o número sobe para 79%.
 
Segundo a fisioterapeuta da sexualidade, Márcia Oliveira, do Espaço Íntimo de Fisioterapia, o consumo de bebida alcoólica, que muitas vezes é comportamento social, durante o período pré-mestrual, pode propiciar alterações nos níveis de hormônios sexuais esteroides e gonadrofina durante o ciclo mestrual, o que desencadeia o problema.
 “O ciclo mestrual é caracterizado por flutuações fisiológicas das gonadotrofinas pituitárias e de hormônios esteroides ovarianos. E, por causa da ação exacerbada desses hormônios, há a ocorrência temporária da TPM.
Entretanto, o papel preciso dos hormônios esteroides ovarianos, apesar de essencial, não está ainda totalmente claro.”, afirma ela.
Como melhorar a TPM
“Evitar o excesso de alimentos e bebidas que causem alterações fisiológicas parece ser uma boa alternativa para reduzir esses sintomas.
Bem como realizar exercícios para estimular a serotonina, que é um hormônio relacionado ao prazer, que auxilia a regular, o apetite, o sono, o humor e dessa forma buscar técnicas de relaxamento e prazer.”, completa. 
Enfim, a especialista aponta que os alimentos que pioram o inchaço são os embutidos, os ricos de sódio, as frituras e doces. 
Ex-participante do reality Power Couple e campeã do BBB16, Munik Nunes, de 22 anos, conta que sofre com a TPM antes e após o ciclo mestrual.
Munik-Nunes-Im.001-e1531176489969 Title category
Munik Nunes – Foto Divulgação
“No período, evito beber e fazer atividades físicas pesadas. Sofro com cólicas, dores de cabeça e nas costas. Uso bolsa quente e gosto de ficar deitada com a barriga para baixo para aliviar os sintomas”.

Exercícios podem ajudar

Márcia explica que alguns exercícios podem aliviar as cólicas para promover alongamento nas cadeias musculares que ficam tensionadas durante a liberação do fluxo menstrual, pois promovem reorganização e oxigenação dos tecidos.
“Em quatro apoios, com as mãos alinhadas na altura do ombro e os joelhos alinhados com o quadril, movimente a coluna para trás e para cima, como se fosse um gato arrepiado, mantenha a posição por cinco segundos.
E, posteriormente, a coluna para baixo, como se fosse um gato encolhido, levantando a cabeça no topo. Expire durante a execução essa postura, e inale ao desenrolar a posição”, ensina a especialista.
cleardot Title category

Tags
Show More

Lourdes Castro

Nascida em São Paulo, Capital - SP, Brasil, Formada em Comunicação Social pelas Fiam- Faculdades Integradas Alcântara Machado, Pós Graduada em Administração de Marketing pela Fecap, Especialização em Assessoria de Imprensa pelo Senac. Jornalista, Assessora de Imprensa e Produtora do Programa Fama & Destaque da Apresentadora Viviane Alves, pela TV Guarulhos. MTB 15521

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker