Turismo

Labas! Festival gastronômico e Cultural da Lituânia

Durante a segunda edição do Festival, que acontece na Casa-Museu Ema klabin, o público poderá assistir a espetáculos de danças, apreciar exposições de arte, participar de oficinas e experimentar delícias gastronômicas da Lituânia

A  Lituânia,  país Báltico do Norte da Europa,  região fascinante,  próxima às principais capitais Europeias é  repleta de   opções culturais.

Para quem quiser conhecer a cultura, o artesanato, a gastronomia do  país, a Casa-Museu Ema Klabin recebe o Festival LABAS!.

O público será convidado a participar de Oficinas e assistir a  apresentações de grupos tradicionais. Foto Rolf Odelius
O público será convidado a participar de Oficinas e assistir a apresentações de grupos tradicionais. Foto Rolf Odelius

O evento acontece nos dias 4 e 5 de maio (sábado e domingo ), das 11h às 18h e tem entrada franca.

Organizado em conjunto com o Consulado Geral da Lituânia em São Paulo e a Comunidade Lituano–Brasileira, o Festival traz gastronomia, exposições, danças,  contos, tradições, oficinas,  e artesanato típico da Lituânia, país de origem da família de Ema Klabin.

Na área gastronômica, o público poderá  experimentar pratos típicos como o Virtiniai (massa artesanal com recheio de carne ou queijo e molho branco), o  Kugelis  (torta de batata ralada com bacon), o Agurkai (pepino em conserva) ou  Kopūstai su dešrelėmis (repolho cozido com linguiça).  Ou levar para casa delícias como: Arenque curado (peixe em conserva das regiões do Atlântico Norte e do Mar Báltico) e  Krupnikas (licor artesanal feito de mel),  além de conservas e biscoitos artesanais.

Delícias da culinária da Lituânia estarão no Festival. Foto Claudio Kupstas
Delícias da culinária da Lituânia estarão no Festival. Foto Claudio Kupstas

Também haverá exposição e venda de artesanato típico.

Entre eles: ovos em madeira e de galinha pintados à mão, telas com paisagens da Lituânia, tecidos pintados à mão, camisetas , gravuras em xilo e metal, faixas típicas e também   peças em âmbar.

Haverá oficinas imperdíveis de artesanato , dança e contação de histórias, todas gratuitas: Margučiai – tradicional técnica para decorar ovos de galinha, símbolo da Páscoa lituana; Karpiniai – arte de recortes em papel de cristais de gelo; oficinas recreativas de dança lituana seguidas de apresentações do Grupo de Folclore e Cultura Lituana “Rambynas” e do Grupo de Danças “Nemunas” e oficinas de  estórias  sobre contos lituanos.

 Exposições:

Quem gosta de arte, vai se encantar com duas exposições fotográficas e uma instalação artística.

As obras ficarão expostas na Casa-Museu Ema Klabin até o dia 2 de junho.

A exposição do fotógrafo Marius Jovaiša, “Lituânia por Desvendar”,  revela a paisagem da Lituânia  e a herança de seu povo.

Seu livro de fotografia(Lituânia por Desvendar ,2008) se tornou um best-seller traduzido para 11 idiomas.

Recebeu prêmios e foi o primeiro na história de Cuba a receber permissão para fotografar o país visto de cima.

Dias 4 e 5, das 11h às 12h, irá mediar uma conversa com o ´público, seguido de uma visita à exposição.

Outra exposição interessante é  “Como aos Domingos” , de Boris Taskov .

A mostra faz um registro fotográfico dos seus encontros diários com as pessoas nas ruas da Lituânia.

“O povo lituano me atrai com o jeito sereno, rígido, solene e solitário. Eles se misturam com a graciosa arquitetura da cidade e com a sua periferia”, diz o fotógrafo,  que desde 1998 também atua na indústria do cinema.

O público poderá conferir ainda a instalação “Kauptukai” , obra contemporânea do premiado artista brasileiro, descendente de lituanos, David Magila.

O trabalho ”Kauptukai“ baseia-se nas relações afetivas de memórias entre a Lituânia e o Brasil.

E quem estiver pensando em viajar para esse País, a Cônsul-Geral da Lituânia em São Paulo Laura Tupe vai ministrar nos dias 4 e 5, das 15h às 16h, uma  palestra sobre turismo, dando dicas incríveis sobre  a cultura local,  os principais lugares turísticos  e quanto tempo se dedicar a cada um desses pontos.

Festival conta com exposição e venda de artesanato típico. Foto divulgação.
Festival conta com exposição e venda de artesanato típico. Foto divulgação.

Serviço:

Labas! Festival da Lituânia 2019:Gastronomia, danças, oficinas, exposições, artesanato

Data:  4 e 5 de maio (sábado e domingo )

Horário:  11h às 18h

Entrada franca

Livre

Local: Fundação Ema Klabin

Endereço: Rua Portugal, 43, Jardim Europa – São Paulo Tel: 55 11 3897-3232

Confira a programação:

Feira gastronômica  e de  artesanato: das 11h às 18h, dias 4 e 5 de maio (sábado e domingo ).

Oficina de recorte de papel em formato de flocos de neve (Snaigės):  20 vagas (ordem de chegada),  das  11h às 13h, dia 4 de maio

Contação de histórias  Contos lituanos “A Moça – Cisne”: 30 vagas (ordem de chegada), das 12h30 às 13h30,  dia 4 de maio

Oficina recreativa de dança sob orientação do Grupo de Danças “Nemunas”:   30 vagas (ordem de chegada), 16h às 16h30,  dia 4 de maio
Apresentação do Grupo de Danças “Nemunas”: 50 lugares, 17h30, dia 4 de maio

Performance sonora do artista Arma Agharta :  Xamã dos desenhos animados (Cartoon Chaman),  50 vagas, 14h às 14h30, dia 4 de maio

Palestra Viaje à Lituânia e se deixe surpreender pelo inesperado: com a Cônsul-Geral da Lituânia em SP Laura Tupe , 30 vagas(ordem de chegada),  15h às 16h, dias 4 e 5  de maio

-Oficina  de arte de decoração de ovos (Margučiai):    11h às 12h30,  para adultos e crianças entre 8 e 12 anos, acompanhadas pelos pais. 20 vagas (ordem de chegada),dia 5 de maio

-Contação de histórias de contos lituanos “A Guerra dos Cogumelos”: 12h30 às 13h30 , 30 vagas (ordem de chegada), dia 5 de maio

-Oficina recreativa de danças sob orientação do Grupo de Folclore e Cultura Lituana Rambynas: 30 vagas (ordem de chegada),  16h às 16h30 , dia 5 de maio
-Apresentação do Grupo de Folclore e Cultura Lituana Rambynas: 50 lugares,  17h30 , dia 5 de maio

-Exposição Fotográfica “Lituânia por Desvendar”, de Marius Jovaiša : De quarta a domingo, das 14h às 18h, encontro o fotógrafo: dias 4 e 5  de maio, 11 h às 12h – 30 vagas (ordem de chegada). A exposição fica até 2 de junho.

-Exposição Fotográfica “Como aos domingos”, de Boris Taskov: De quarta a domingo, das 14h às 18h, 30 vagas (ordem de chegada). A exposição fica até 2 de junho.

-Instalação “Obra contemporânea”, do artista brasileiro, descendente de lituanos, David Magila:   @davidmagila, local: degraus da fachada da Casa-Museu, de quarta a domingo, das 14h às 18h, a instalação fica até 2 de junho.

TODA A PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA E CULTURAL SERÁ GRATUITA 

Clique aqui e saiba toda a programação da Casa-Museu Ema Klabin:

Leia Mais:  Confira a entrevista com o fotógrafo Marcelo Macaue

Exposição Fotográfica “Lituânia por Desvendar”, de Marius Jovaiša

Cristina Aguilera

Cristina Aguilera é jornalista com pós graduação em Mídias na Educação pela Universidade de São Paulo (USP) . Foi repórter de tv, rádio, revista, assinou colunas de Turismo e Moda. É co autora do livro “ A educação contada pela imprensa” junto com Cesar Callegari. Adora moda, turismo, educação, literatura, designer e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar