ENTRETENIMENTO

Guitarrista do Virgulóides morre após sofrer acidente doméstico ao sair do banho

16684132-843685715770284-5369007164503548440-n Title category
Marcello Cassetari escorregou e quebrou a costela. Laudo preliminar do IML constatou hemorragia interna como causa da morte. Marcello Cassettari, ex-integrante da banda Virgulóides, morreu após sofrer um acidente doméstico
Arquivo Pessoal
O guitarrista da banda Virgulóides, Marcello Cassettari, de 51 anos, morreu em Praia Grande, no litoral de São Paulo, após sofrer um acidente doméstico ao sair do banho. Cassettari ficou nacionalmente conhecido na década de 1990 por conta da música “Bagulho no Bumba”. O enterro aconteceu no fim da tarde desta quarta-feira (22). Familiares acreditam que o músico foi vítima de erro médico.
Cassettari morava no litoral de São Paulo e, de acordo com familiares, caiu no banheiro quando saía do banho, no último domingo (19). Um dos companheiros de Marcello no banda, Paulo Jiraya, falou com o G1, nesta quinta-feira (23), sobre o acidente. “Conversei com a ex-esposa dele logo após a morte. Ela disse que ele escorregou quando saía do banho e bateu as costas no vaso”, conta.
Após o ocorrido, Marcello, primeiro, foi ao Pronto Socorro Quietude. Lá, ele foi orientado a ir ao Hospital Irmã Dulce, onde fez raio-x e exame de sangue. As imagens mostraram que o músico havia quebrado a costela mas, mesmo assim, ele acabou sendo liberado. Segundo os familiares, Marcello voltou no mesmo dia para o hospital com muitas dores, e foi, novamente, liberado.
Na segunda-feira (20), Marcello foi atendido pela manhã por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em casa. “Ele já não tinha condições de ir por meios próprios por conta da dor”, lamenta o companheiro. Ele morreu em casa poucas horas após o atendimento.
Segundo Jiraya, o laudo preliminar do IML acusou como causa da morte hemorragia interna, causada após o baço ser perfurado com a ruptura da costela na queda. “A família agora apura se houve negligência médica. Foi uma morte besta”, explicou o músico.
O G1 entrou em contato com o hospital Irmã Dulce mas, até o momento, não houve um retorno oficial por conta da assessoria de imprensa do local.
Na banda, Jiraya relembra que o clima com Marcello era de amizade e diz que ele era uma pessoa “do bem”. “Ele já era meu amigo pessoal antes do Virgulóides, inclusive eu o chamei para a banda. Nossa relação era muito boa, ele tinha um astral muito legal, senso de humor e personalidade. Eu respeitava e admirava o trabalho dele como músico”, finaliza.
O enterro de Marcello reuniu familiares e amigos e aconteceu no Cemitério Municipal de Praia Grande. O músico deixou dois filhos.
Banda Virgulóides fez sucesso em 1990.
Divulgação
Fonte: http://g1.globo.com/dynamo/pop-arte/rss2.xml

Tags
Show More

Marcos Morrone

Nascido em São Paulo Capital: Fotógrafo Profissional e Produtor Musical. CEO do Grupo Morrone Comunicações Ltda.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker