Infantil

Oficina convida a criar com arte a tradicional Calçada Paulistana

Inscrições gratuitas abertas para a oficina que estimula que as crianças montem com arte sua versão da Calçada símbolo de SP

Sabe aquela tradicional calçada paulistana em branco e preto que forma o mapa do Estado de São Paulo? Que tal pedir para as crianças montarem sua própria calçada a partir dessa identidade visual?

O Educativo da  Casa-Museu Ema Klabin promove no dia 30 de junho, domingo, das14h30 as 16h30, a Oficina de Calçada. São 35vagas e as inscrições gratuitas podem ser realizadas no site da Casa-Museu Ema Klabin.

Partindo do padrão original da calçada de São Paulo, criado em 1966 por Mirthes dos Santos Pinto, o artista plástico Marcos Gorgatti vai propor que as crianças  usando  os mesmos módulos em ladrilho hidráulico realizem diferentes padrões construtivos.

Segundo o artista Marcos Gogatti, a oficina propõe um compartilhamento das experiências criativas na construção de imagens ao manipular e propor outras formas para além das que deram origem a calçada paulistana. Dessa forma, a oficina também toca nos desejos que dão forma à cidade que queremos construir.

Diversão e arte para toda a família:

Oficina para crianças em SP. Foto: Mario Lopes
Crianças aprendem a histórias da calçada símbolo de SP e criam sua versão. Foto: Mario Lopes

“A oficina faz parte do  Programa Museu em Família que mensalmente promove encontros de convivência abertos para pessoas de diferentes idades, interesses e perfis”, explica a coordenadora do setor educativo da Casa-Museu Ema Klabin,  Cristiane Alves.

Além de participar da oficina, o público também pode visitar a Casa-Museu Ema Klabin que conta com mais de 1500 obras de arte de grandes mestres mundiais.

LEIA AINDA: Receitas da memória paulistana é tema de palestra

Sobre Marcos Gorgatti:

É artista plástico, fotógrafo e educador e faz uso de materiais gráficos, textos, objetos de comunicação visual e mobiliário urbano para criar obras, situações, publicações, oficinas, conversas e encontros.

Estudou Artes Plásticas na Universidade Estadual Paulista e desde 2005 participa de exposições, realizando trabalhos de parceria e projetos com educativos de museus, instituições psiquiátricas, coletivos de artistas multimídia, escolas e etc.

Realizou exposições individuais no Centro Universitário Maria Antônia, na Galeria Emma Thomas em São Paulo e no Palácio das Arte em Belo Horizonte. Participou de exposições coletivas no Museu da Imagem e do Som, no Instituto Cervantes, no Sesc

Belenzinho em São Paulo e na Caixa Cultural no Rio de Janeiro.

Faz parte do coletivo de artistas multi-mídia o Estúdio Sem Nome que realiza parceria com o Instituto Tomie Othake no projeto Arte, Cultura e Costura no Canindé, em São Paulo.

Serviço:

Oficina de Calçada

Dados:  30/06

Horário: 14h30 as 16h30

Inscrições gratuitashttp://emaklabin.org.br/

35 vagas

Visitas Livres ao museu: O espaço cultural abre de quarta a domingo, das 14h às 17h (com permanência até às 18h), sem agendamento. Aos finais de semana e feriados a visita tem entrada franca. Nos outros dias, o ingresso custa R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Fundação Ema Klabin

Endereço: Rua Portugal, 43, Jardim Europa – São Paulo.  Tel: 11 3897-3232

LEIA MAIS:  Lar Vinícius comemora 25 anos com Festa Junina repleta de atrações e solidariedade

Cristina Aguilera

Cristina Aguilera é jornalista com pós graduação em Mídias na Educação pela Universidade de São Paulo (USP) . Foi repórter de tv, rádio, revista, assinou colunas de Turismo e Moda. É co autora do livro “ A educação contada pela imprensa” junto com Cesar Callegari. Adora moda, turismo, educação, literatura, designer e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar