EntretenimentoLazer e DiversãoMúsicaShows

Liah Soares em show inédito e intimista

Liah Soares domina a técnica dos pedais de loop em show inédito e intimista

Show de “voz e violoops” aconteceu no Rio de Janeiro, dia 24 de maio

 

O publico brasileiro ja tinha visto Liah lançar mão de técnica em alguns poucos momentos de sua carreira, a exemplo da musica “Flagra” (Rita Lee/ Roberto de Carvalho) para o projeto “Um Barzinho, Um Violão” (Universal Music), mas o que ela agora apresenta com o show “Voz e Violoops” é inédito. “Até então ainda não tinha me permitido fazer um show aqui no Brasil só com essa pedaleira. O desafio é rearranjar no pedal algumas músicas minhas já conhecidas de uma forma pelo meu público. Isso me leva a pensar de uma outra maneira, inclusive algumas composições já nasceram ali, enquanto eu estava praticando. É um show de muita entrega e técnica, não uso click de contagem, o tempo está na minha cabeça e principalmente na minha intuição, apesar de pré-criar alguns arranjos, na hora sempre surge uma ideia diferente, então é um exercício continuo de adaptação e entrega, sentir a música e deixar fluir”, revela a artista.

 

Crédito : Divulgação
Crédito : Divulgação

 

 

No repertório do show, Liah mostra ao público algumas de suas composições, a exemplo de “Casa Vazia”, parceria com Ivan Lins e da energia dançante de “Vem Me Ver” . Também figura no setlist a canção “Você por perto”, que fez sucesso na trilha da novela ‘Em Família’, da TV Globo. Algumas releituras inusitadas também estão garantidas, como “Wicked Game” (Chris Isaak); “Adventure of a Lifetime” (Coldplay) e o clássico “Comme d’habitude” (Claude François/ Jacques Revaux). Para incrementar suas possibilidades musicais, Liah traz ao palco o ‘ukulele’ (instrumento musical havaiano); castanholas, violão, guitarra e baixo. O músico multi-instrumentista Mauricio Ataíde faz uma participação especial, no ‘balé’ da troca de instrumentos com a artista.
Liah Soares
+Veja mais de Yuri Mine em: Entrevista de DJ Mau Mau 30 anos

A mostra

Finalista da primeira edição do reality “The Voice Brasil”, exibido pela TV Globo em 2012, Liah traz a música impressa em seu DNA desde criança. Nascida em Tucuruí, interior do Pará, a cantora aprendeu pelas mãos do pai, entre discos e ondas do rádio, o que é a boa música. Aos três anos de idade já mostrava a que veio em pleno coro da igreja de sua cidade natal. Aos onze já ganhava o primeiro violão e a total entrega à música acabou levando-a para o primeiro festival de música em sua trajetória, aos doze anos, onde dentre mais de 3000 músicas inscritas, ficou entre as 24 de destaque. Esta experiência rendeu-lhe a primeira vez em um palco, cantando para um grande público. Foi o suficiente para querer viver de sua arte para o resto da vida.
Quando lançou seu primeiro disco em 2004 pela EMI, Liah já era uma compositora de sucesso. Sua habilidade em escrever melodias com letras profundas e surpreendentes já havia chamado a atenção de muitos artistas e críticos do meio musical. Suas composições chegavam aos artistas através de “demos” que ela mesma gravava, e sua voz despertava em todos uma certa curiosidade em saber quem era aquela menina tão talentosa, que cantava, compunha e tocava tão intuitivamente. Foi assim que surgiu então o contrato da primeira gravadora. Sua voz chegou ao grande público com a balada “Garotas Choram Demais” (primeiro single a tocar nas rádios de todo o Brasil) e com “Sere Nere”, um dueto com o cantor italiano Tizziano Ferro. A artista já participou de coletâneas (‘Elas cantam Paul McCartney’; ‘Elas cantam Roberto Carlos’; ‘Tributo a Cazuza’) e possui canções de sua autoria gravadas por artistas consagrados como a então dupla Sandy & Junior, Elba Ramalho, Ivete Sangalo e Ivan Lins.
Contabilizando quatro discos em estúdio, um DVD gravado no Theatro da Paz, um EP, diversas participações especiais em projetos paralelos e tendo alcançado o respeito e admiração de grandes músicos do cenário brasileiro, Liah Soares se firma cada vez mais como um dos grandes nomes de sua geração e agora convida o público para celebrar uma carreira de sucesso, pisando descalça onde mais gosta de estar – no palco – e se lançando ao desafio do manejo com a pedaleira para transformar a sua própria arte em puro deleite aos ouvidos mais exigentes.
Crédito : Divulgação
Crédito : Divulgação

 

LINKS:
1 – FLAGRA – Projeto “Um Barzinho, Um Violão”
2 – Link da artista no BOSS Loop Station World Championship 2, em Frankfurt – Alemanha, em 2012 –
3 – Link da artista em releitura da música “Wicked Game”, de Chris Isaak, utilizando a técnica do loop –

Yuri Mine

Nascido em São Paulo Capital – SP. Fotografo no Studio Y.M e Diretor de Fotografia na No Name Filmes, Musico e adorador de tecnologia, motos e carros, sempre a procura de novos desafios e projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar