Economia e NegóciosMeio Ambiente

Mais de 4,4 mil alagoanos vão ser beneficiados por projetos

As iniciativas contemplam escolas em comunidades no interior do estado e foram financiadas por AMA,

Mais de 4,4 mil alagoanos vão ser beneficiados por projetos de acesso à água potável.

As iniciativas contemplam escolas em comunidades no interior do estado e foram financiadas por AMA, marca que destina 100% de seu lucro a levar água a quem não tem.

Três escolas, em comunidades no interior de Alagoas, vão receber projetos de acesso à água potável. Todos foram financiados por AMA, marca de água mineral que tem 100% de seu lucro revertido para levar água a quem não tem. Criada em 2017 pela Cervejaria Ambev, AMA destinou R$ 120 mil para as comunidades de Alto da Fé, Sítio Volta de Dois Riachos e Alto da Conceição, todas no município de Dois Riachos. Os projetos vão beneficiar 4.438 pessoas.

“Estes são nossos primeiros projetos em Alagoas e ficamos muito felizes por já chegar fazendo a diferença na vida de tantos alunos, que agora terão a segurança de poder assistir às aulas durante todo o ano letivo, mesmo no período de seca”, comenta Carolina de Goes, gerente comercial de AMA. “Com a AMA, queremos transformar a realidade das pessoas vivendo em locais com pouca ou nenhuma disponibilidade de água. Estes três novos projetos são mais um passo importante em direção a isso e, para torná-los possíveis, contamos com a ajuda de parcerias fundamentais.”

Os projetos financiados por AMA contam, todos, com o apoio da Fundação Avina. Além disso, as iniciativas implementadas em Alagoas tiveram a participação do Centro de Desenvolvimento Comunitário de Maravilha (CDECMA). As escolas beneficiadas foram Ormindo da Graça (em Volta de Dois Riachos), Estadual Cônego José Bulhões (em Alto da Fé) e Nossa Senhora da Conceição (em Alto da Conceição). Todas receberam cisternas para armazenamento da água, o que garante abastecimento durante todo o ano letivo – antes, havia sempre o risco de interrupção no calendário escolar por conta da seca.

As escolas em Alto da Fé e Sítio Volta de Dois Riachos receberam, ainda, um sistema de reuso de água. Assim, o recurso utilizado na cozinha ou no banheiro, por exemplo, pode ser reaproveitado depois de passar pelo tratamento adequado. Os alunos e professores reaproveitam a água em uma horta mantida por eles mesmos – os frutos, depois, complementam a merenda dos estudantes.

“Aqui no CDECMA, trabalhamos em diversas frentes para promover a implementação e ampliação de políticas públicas que contribuam para o desenvolvimento socioambiental. O projeto de AMA está muito ligado ao nosso propósito e ficamos muito felizes por garantir acesso à água potável a essas três escolas em Dois Riachos”, explica Albani Vieira da Rocha, coordenador do CDECMA. “Um aspecto muito legal da iniciativa é o conhecimento que compartilhamos com os envolvidos. Nas comunidades, oferecemos seminários para estudantes, funcionários e pais, sobre educação contextualizada e Gerenciamento de Recursos Hídricos Escolares (GRH-E). Tivemos, também, uma oficina sobre bioágua e construção de canteiros, consumo e produção de alimentos saudáveis, além de um intercâmbio intermunicipal. Os participantes puderam dialogar sobre os desafios e potenciais do semiárido, bem como outras temáticas que estão relacionadas à convivência nesse clima.”

Além de Alagoas, AMA já tem projetos em 31 municípios, espalhados em todos os estados do semiárido brasileiro. A marca lucrou mais de R$ 3,5 milhões desde seu lançamento. O valor será integralmente revertido para iniciativas de acesso à água potável, beneficiando mais de 29 mil pessoas –  número que deve chegar a 43 mil até o final do ano, ampliando para 50 as comunidades atendidas por AMA. Recentemente, a marca também anunciou que vai lançar a primeira água em lata do país. O produto deve chegar às prateleiras ainda em dezembro deste ano e vai ser uma opção mais sustentável aos consumidores que quiserem ajudar a levar água potável para quem não tem.

Sobre AMA

Mais de 4,4 mil alagoanos vão ser beneficiados
Água potável – Foto Divulgação

AMA é parte do sonho da Cervejaria Ambev de unir as pessoas por um mundo melhor. No fim de 2015, o time de sustentabilidade da Ambev deu início à busca por um novo projeto para expandir seus programas de preservação e uso consciente de água. Depois de reunir diversas áreas da empresa e fazer uma parceria com o Yunus Corporate Action Tank, promovido pela Yunus Negócios Sociais, que estimula as empresas a pensarem em negócios que já nascem para resolver um problema social, surgiu a ideia de criar uma água engarrafada que tivesse 100% dos lucros investidos no acesso à água potável.

Com o lançamento da AMA em março de 2017, a cervejaria contribui para que o sexto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU seja concretizado: garantir disponibilidade e manejo sustentável da água e saneamento para todos. De forma totalmente transparente, todas as etapas do projeto AMA são apresentados por meio de uma plataforma digital (www.aguaama.com.br) com todas as informações do produto, prestação de contas periódicas sobre o lucro obtido com as vendas, investimentos e andamento de cada projeto.

Fonte:

        Karin Barros
Assessora de Imprensa

Você sabia: A rota do incenso foi tão percorrida que pode ser identificada por imagens de satélite

Leia Mais: Quanto mais você faz, mais fácil fica

Veja também: Hélio Couto Orientador espiritual – De onde vim? O que estou fazendo aqui? Para onde vou? 

Elevou a temperatura da web: Juju Ferrari não descarta participar do BBB ‘ Causaria muito na casa’ ao contrário de outros influencers. 

Simplesmente um luxo! Lancha Triton 300 Sport é sucesso da marca pela qualidade

Uau que lindo! Loubhoutan algum lugar entre o céu e a terra

Confira o espírito indomável: Costa Cruzeiros recebe o flagship Costa Smeralda, seu primeiro navio movido a GNL

Etiquetas

Marcos Morrone

Nascido em São Paulo Capital: Fotógrafo Profissional e Produtor Musical. CEO do Grupo Morrone Comunicações Ltda.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar