ComportamentoMeio AmbienteSustentabilidade

Na prática, como a destruição da Amazônia impacta no país?

Sim, um desequilíbrio na Amazônia reflete em todo o país!

Se existe vida na Terra, um dos principais responsáveis por isso é o dióxido de carbono, ou CO2. E, se algo ameaça a vida na Terra, é também o CO2, quando em excesso. Controlar a quantidade de CO2 na atmosfera é uma tarefa das florestas. E é aí que a Floresta Amazônica assume um importante papel!

O CO2 retém parte do infravermelho no planeta, formando o famoso efeito estufa. A Terra se mantém aquecida e garante condições ideais para existência de vida. Basicamente, durante a formação do bioma amazônico, toneladas de carbono foram retiradas da atmosfera pela fotossíntese e hoje se encontram estocados na biomassa dos vegetais.

A Amazônia possui uma extensão de mais de 5 milhões de Km² de mata, sendo uma das maiores do planeta. O dia 5 de setembro é marcado por ser o Dia da Amazônia. Ironicamente, há um mês estamos vendo justamente essa região ser protagonista de um enorme impacto ambiental: as queimadas na Amazônia tomaram proporções catastróficas e são notícia internacional.

Mas por que devemos nos preocupar?

Muito CO2 é um problema! As queimadas em grandes proporções não só retiram essa capacidade de drenagem de CO2, como também produzem mais através da queima da biomassa, provocando a intensificação do efeito estufa e, por consequência, o aquecimento global.

VEJA TAMBÉM: Município de Indaial e Termotécnica fazem parceria para reciclagem de EPS (isopor®)

Outro ponto é o comprometimento da quantidade de vapor de água que irá umidificar a atmosfera. Com a perda de árvores, ocorre redução da evapotranspiração vegetal. Assim, o ar mais seco compromete a formação de chuvas nas regiões Centro-Oeste e Sudeste principalmente, o que pode contribuir para verões mais secos.

Como consequência da menor pluviosidade, há redução da produtividade agrícola, com prejuízos financeiros aos agricultores e alimentos mais caros aos consumidores, represas de hidrelétricas vazias e racionamento de água à população.

Isso significa que, sim, um desequilíbrio na Amazônia reflete em todo o país!

Entendida a situação, precisamos ressaltar a importância da fauna e da flora da Floresta Amazônica. A biodiversidade brasileira é reconhecida como uma das mais expressivas do planeta e tem papel importante no bem-estar e na saúde do homem ao prover produtos como fármacos, alimentos, madeira e muitos outros.

A destruição da floresta culmina na perda de reservatórios naturais de patógenos e na disseminação de vetores, tendo uma relação direta com o surgimento doenças ou surtos.

CONFIRA: Ator e músico Thiago Martins lança linha de produtos em parceria com Barbearia Vip

Já passou da hora de os brasileiros se conscientizarem dos benefícios da floresta para a humanidade, reconhecerem que esse é o maior patrimônio nacional, se orgulhar e, a partir daí, assumir a responsabilidade de preservá-la.

Sobre Pollyana Fantini

Pollyana Fantini é uma das professoras da Salinha Bioquímica, curso especializado em Biologia e Química para vestibulares de medicina e Enem. Formada em Ciências Biológicas pela UFMG, Pollyana dá aulas para pré-vestibulares desde 2005, além de lecionar para escolas de referência no Brasil.

Sobre Guilherme Oliveira

Guilherme Oliveira é Técnico em Química pelo Cefet/MG e graduado em Química pela UFMG. Além de ser um dos professores da Salinha Bioquímica, curso especializado em Biologia e Química para vestibulares de medicina e Enem, é também professor nos principais colégios pré-vestibulares de BH e do interior de Minas.

Samuel Aguiar

Nascido em Belo Horizonte. Graduando em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Influenciador, produtor de conteúdo digital e programador chefe do portal Ego Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar