Feiras e Eventos

Feira do Livro de Joinville abre espaço para falar da violência contra a mulher

Participação da ex-lutadora de MMA Erica Paes e da atriz Cristiane Machado

A Feira do Livro de Joinville já mostrou que vai muito além das crônicas, romances e da literatura em geral. O evento abre cada vez mais espaço para obras e temas que trazem à tona a realidade e as dificuldades de muitos segmentos da população. Este ano, entre os diversos assuntos a serem abordados está a violência contra a mulher. No segundo dia da Feira, sábado, 8 de junho, será oferecida ao público em geral, gratuitamente, a palestra “Prevenção e Enfrentamento à Violência contra a mulher”, com a participação da ex-lutadora de MMA Erica Paes e da atriz Cristiane Machado.. Nesta mesma linha, haverá o Painel: “Feminicídio e violência contra mulher”, também com a participação de Erica Paes e Cristiane Machado, além da OAB Mulher, Polícia Civil, Dra. Maria Elisa Máximo e convidados.

Erica Paes, de 39 anos, é uma legítima representante da luta pelos direitos e segurança das mulheres, principalmente as fragilizadas pelo abuso do machismo e da violência. Nascida em Belém do Pará, ex-lutadora de MMA – notória por ser a primeira lutadora a ganhar uma luta de Cris Cyborg – e campeã mundial de jiu-jitsu, ganhou os holofotes em 2017 também por ser a responsável pelos treinamentos da atriz Paolla Oliveira para a personagem “Jeiza”, policial e lutadora na novela Global A Força do Querer . Ela conta que entrou para o jiu-jitsu em 1992 justamente para se defender nas brigas com o irmão, que lutava karatê. “Meu pai era muito machista e, em casa, somos 4 filhos, dois homens e duas mulheres, os meninos faziam karatê e meu pai queria que eu e minha irmã fizéssemos ballet. Fui uma das primeiras mulheres no mundo a lutar MMA profissionalmente”, conta Erica.

Mas sua grande contribuição para o enfrentamento da violência contra a mulher é o projeto social “Eu sei me defender”, criado também em 2017 e com sede em um galpão na zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. Ela conta que também já foi vítima de violência doméstica e de duas tentativas de estupro. “Aos 14 anos de idade sofri uma tentativa de estupro e como tinha muita experiência em defesa pessoal consegui evitar o pior, o criminoso ficou bem mal. Depois disso, pensei ‘preciso ensinar a outras mulheres isso’, sabia que eu era especial e vi que podia fazer com que mulheres também tivessem a mesma possibilidade de se defender como eu tive. Em 1998, iniciei uma turma só para mulheres, onde ensinava defesa pessoal para elas. A turma tinha lista de espera (turma lotada).”, lembra Erica.

A lutadora faz ainda um importante alerta: “Ao menor sinal de grosseria, ciúme excessivo e falta de paciência, DÊ O FORA!!! O amor não fere muito menos machuca, dê valor a quem lhe valoriza, sempre tem um ‘alguém’; que vai lhe amar da forma que você é. A violência doméstica ocorre geralmente de forma progressiva, ou seja, um ciumento hoje pode ser um FEMINICIDA amanhã!”, ressalta. Ela fala da expectativa em participar da Feira do Livro de Joinville: “Estou muito feliz em poder somar na vidas das mulheres de Joinville e espero que em breve a gente tenha um núcleo “Eu Sei Me Defender” fixo (aulas de Prevenção e Enfrentamento à Violência Contra Mulher) no município”. Ela lembra que a informação sobre os direitos das mulheres é uma importante ferramenta no enfrentamento a violência que as mulheres estão sofrendo. “Existem informações que são fundamentais para segurança das mulheres em nosso país, e isso também informaremos na palestra da Feira do Livro de Joinville.”.

Outra convidada da Feira para falar sobre este tema é a atriz Cristiane Machado, que também foi alvo de violência doméstica vindo do marido, empresário e ex-diplomata. O caso dela ganhou repercussão por ter instalado câmeras em sua casa que registraram as agressões – tapas e tentativas de enforcamento -, além de gravar com o celular as ameaças de morte feitas a ela e a família.

Quem quiser conferir de perto este encontro emocionante e esclarecedor pode marcar na agenda o dia 8 de junho, sábado, às 17h30 para a palestra no palco principal e em seguida, às 18h30, para o painel. A Feira do Livro de Joinville ocorre de 7 a 16 de junho, no Expocentro Edmundo Doubrawa.

Assessoria de Imprensa:

Santa Cultura Comunicação Criativa

Sandra Moser e Taísa Rodrigues

sandra@santacultura.com.br/taisa@santacultura.com.br

facebook.com/santacultura

www.santacultura.com.br

palestra
Foto Divulgação

 

Leia Mais: Mae de Rafael Vitti faz participação em filme com temática LGBT

Rosilene Bejarano

Rosilene Bejarano,nascida em Corumba Ms Digital Influencer, blogueira revista eletrônica Coisas Do Sul, assino para as revistas Egonoticias de Balneário Camboriú, Top Society de Lages, Lithoral News de Itajaí. Palestrante com o tema (Estrutura familiar e mulheres na politica) recebi o titulo de Embaixadora da Paz em 2018, atualmente resido em Joinville Santa Catarina, cursando marketing digital,formada em Hotelaria e excelência em atendimento, sou a Vice presidente da Abramecom (Associação Brasileira de Colunistas Sociais e de Mídia Eletrônica) Recebi o premio internacional de imprensa empreendedora Dr Rey 2017. Premio destaque de Mídia Eletrônica SC da Revista Lithoral News, Premio destaque imprensa revelação SC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar