Feiras e Eventos

Feira do Livro de Joinville abre espaço para falar da violência contra a mulher

Participação da ex-lutadora de MMA Erica Paes e da atriz Cristiane Machado

A Feira do Livro de Joinville já mostrou que vai muito além das crônicas, romances e da literatura em geral. O evento abre cada vez mais espaço para obras e temas que trazem à tona a realidade e as dificuldades de muitos segmentos da população. Este ano, entre os diversos assuntos a serem abordados está a violência contra a mulher. No segundo dia da Feira, sábado, 8 de junho, será oferecida ao público em geral, gratuitamente, a palestra “Prevenção e Enfrentamento à Violência contra a mulher”, com a participação da ex-lutadora de MMA Erica Paes e da atriz Cristiane Machado.. Nesta mesma linha, haverá o Painel: “Feminicídio e violência contra mulher”, também com a participação de Erica Paes e Cristiane Machado, além da OAB Mulher, Polícia Civil, Dra. Maria Elisa Máximo e convidados.

Erica Paes, de 39 anos, é uma legítima representante da luta pelos direitos e segurança das mulheres, principalmente as fragilizadas pelo abuso do machismo e da violência. Nascida em Belém do Pará, ex-lutadora de MMA – notória por ser a primeira lutadora a ganhar uma luta de Cris Cyborg – e campeã mundial de jiu-jitsu, ganhou os holofotes em 2017 também por ser a responsável pelos treinamentos da atriz Paolla Oliveira para a personagem “Jeiza”, policial e lutadora na novela Global A Força do Querer . Ela conta que entrou para o jiu-jitsu em 1992 justamente para se defender nas brigas com o irmão, que lutava karatê. “Meu pai era muito machista e, em casa, somos 4 filhos, dois homens e duas mulheres, os meninos faziam karatê e meu pai queria que eu e minha irmã fizéssemos ballet. Fui uma das primeiras mulheres no mundo a lutar MMA profissionalmente”, conta Erica.

Mas sua grande contribuição para o enfrentamento da violência contra a mulher é o projeto social “Eu sei me defender”, criado também em 2017 e com sede em um galpão na zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. Ela conta que também já foi vítima de violência doméstica e de duas tentativas de estupro. “Aos 14 anos de idade sofri uma tentativa de estupro e como tinha muita experiência em defesa pessoal consegui evitar o pior, o criminoso ficou bem mal. Depois disso, pensei ‘preciso ensinar a outras mulheres isso’, sabia que eu era especial e vi que podia fazer com que mulheres também tivessem a mesma possibilidade de se defender como eu tive. Em 1998, iniciei uma turma só para mulheres, onde ensinava defesa pessoal para elas. A turma tinha lista de espera (turma lotada).”, lembra Erica.

A lutadora faz ainda um importante alerta: “Ao menor sinal de grosseria, ciúme excessivo e falta de paciência, DÊ O FORA!!! O amor não fere muito menos machuca, dê valor a quem lhe valoriza, sempre tem um ‘alguém’; que vai lhe amar da forma que você é. A violência doméstica ocorre geralmente de forma progressiva, ou seja, um ciumento hoje pode ser um FEMINICIDA amanhã!”, ressalta. Ela fala da expectativa em participar da Feira do Livro de Joinville: “Estou muito feliz em poder somar na vidas das mulheres de Joinville e espero que em breve a gente tenha um núcleo “Eu Sei Me Defender” fixo (aulas de Prevenção e Enfrentamento à Violência Contra Mulher) no município”. Ela lembra que a informação sobre os direitos das mulheres é uma importante ferramenta no enfrentamento a violência que as mulheres estão sofrendo. “Existem informações que são fundamentais para segurança das mulheres em nosso país, e isso também informaremos na palestra da Feira do Livro de Joinville.”.

Outra convidada da Feira para falar sobre este tema é a atriz Cristiane Machado, que também foi alvo de violência doméstica vindo do marido, empresário e ex-diplomata. O caso dela ganhou repercussão por ter instalado câmeras em sua casa que registraram as agressões – tapas e tentativas de enforcamento -, além de gravar com o celular as ameaças de morte feitas a ela e a família.

Quem quiser conferir de perto este encontro emocionante e esclarecedor pode marcar na agenda o dia 8 de junho, sábado, às 17h30 para a palestra no palco principal e em seguida, às 18h30, para o painel. A Feira do Livro de Joinville ocorre de 7 a 16 de junho, no Expocentro Edmundo Doubrawa.

Assessoria de Imprensa:

Santa Cultura Comunicação Criativa

Sandra Moser e Taísa Rodrigues

sandra@santacultura.com.br/taisa@santacultura.com.br

facebook.com/santacultura

www.santacultura.com.br

palestra
Foto Divulgação

 

Leia Mais: Mae de Rafael Vitti faz participação em filme com temática LGBT

Rosilene Bejarano

Nascida em Corumba Ms: - Blogueira ( Coisas Do Sul) (egonoticias) Miss Plus Senior SC, Modelo Plus, Embaixadora da Paz, atualmente resido em Joinville Santa Catarina, cursando marketing digital,formada em Hotelaria e excelência em atendimento, técnicas Imobiliárias,Secretaria nacional da Abramecom. Recebi o premio internacional de imprensa empreendedora Dr Rey 2017.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar