EmpreendedorismoTV

Projeto Releituras participa do Programa Caldeirão do Huck

O objetivo do projeto é desenvolver ações para promover acessibilidade e inclusão social a pessoas cegas, de baixa visão e com necessidades especiais.

Projeto Releituras participa do Programa Caldeirão do Huck

Florianópolis, 16 de janeiro de 2020 – O projeto “Releituras – Livro acessível” participou do programa Caldeirão do Huck no quadro “The Wall” em busca de recursos para montar um estúdio de gravação.

Da mesma forma  os professores Maria de Fátima Medeiros e  Júlio Cesar responderam perguntas de conhecimentos gerais durante três fases do jogo acima de tudo  e conquistaram R$ 37.124,00 reais.

O valor será utilizado para construir um estúdio de gravação.

Acima de tudo o objetivo do projeto é desenvolver ações para promover acessibilidade e inclusão social a pessoas print-desabled, cegas ou de baixa visão.

 Depois disso  além de contribuir com pessoas com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), Transtorno do Espectro Autista (TEA), dislexia, pacientes de hospitais, idosos, analfabetos e analfabetos funcionais ou simplesmente pessoas que gostam de ouvir audiolivros.

Da mesma forma a iniciativa realiza gravações e interpretações de audiolivros didáticos e de literatura, em formato de radionovela. O projeto tem atualmente 172 voluntários, sendo que 35 estão efetivamente fazendo as gravações.

Tudo começou quando Maria de Fátima (53), estudante de letras português na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e professora de inglês, foi diagnosticada com uma doença degenerativa nos olhos, com perda gradual da visão.

 

Ela percebeu que tinham poucas opções de audiolivros, e se deparou com o seguinte dado: 93% de tudo que é produzido no mundo impresso não está acessível para pessoas cegas ou com baixa visão.Além disso, o leitor de PDF, com voz robotizada, era muito monótono. Assim nasceu o “Releituras”.

Em conclusão o  material produzido é disponibilizado gratuitamente para smartphones, programas de rádio e no site do projeto. “Futuramente a ideia é criar um aplicativo para que as pessoas possam ter o direito de acessar os audiolivros de qualquer lugar”.

Mentorias:

Projeto Releituras participa do Programa
Foto Divulgação

No entanto  em 2019, o projeto Releituras participou do Conexxão de Impacto, programa de desenvolvimento de negócios de impacto socioambiental do Instituto Nexxera, e contou com 6 meses de mentoria gratuita para desenvolver a iniciativa e ampliar a atuação do projeto.

“Antes das mentorias eu não tinha um olhar para a liderança e gestão.

Em conclusão   por meio das mentorias com o professor Geraldo Campos, foi possível ainda perceber que o projeto poderia atender pessoas cegas e com baixa visão e também incluir outras tipos de pessoas com necessidades especiais, explica Maria de Fátima.

O valor arrecadado no programa não será suficiente para implementar tudo o que Maria de Fátima planeja, mas ela está aproveitando a visibilidade para mobilizar mais recursos e parcerias.

“Depois da nossa participação no Caldeirão do Huck estamos recebendo o contato de voluntários em todo o Brasil, já temos cerca de 300 pessoas se candidatando para apoiar o projeto”, conta Maria de Fátima.

Acessibilidade nas escolas:

Depois disso além de construir o estúdio de gravação, Maria de Fátima tem também planos para ampliar a acessibilidade nas escolas, por meio da formação de multiplicadores.A ação ainda está sendo articulada e deve ser implementada nos próximos meses em escolas na Grande Florianópolis, e em unidades do projeto Bairro Educador, na capital.

Foto: Divulgação

Fonte: Carine Bergmann

Serviço: Projeto Releituras participa do Programa

Elevou a temperatura da web: Dia do Riso Rir ajuda na redução do stress na melhoria do sono

Assistir aos programas do Canal Ego TV: Rosilene Bejarano Simplesmente um luxo! 

 

Etiquetas

Rosilene Bejarano

Rosilene Bejarano,nascida em Corumba Ms Digital Influencer, blogueira revista eletrônica Coisas Do Sul, assino para as revistas Egonoticias de Balneário Camboriú, Top Society de Lages, Lithoral News de Itajaí. Palestrante com o tema (Estrutura familiar e mulheres na politica) recebi o titulo de Embaixadora da Paz em 2018, atualmente resido em Joinville Santa Catarina, cursando marketing digital,formada em Hotelaria e excelência em atendimento, sou a Vice presidente da Abramecom (Associação Brasileira de Colunistas Sociais e de Mídia Eletrônica) Recebi o premio internacional de imprensa empreendedora Dr Rey 2017. Premio destaque de Mídia Eletrônica SC da Revista Lithoral News, Premio destaque imprensa revelação SC.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar