MIDIA 05 – Top Mega Banner 970 x 250 – DESK
Saúde e Bem-Estar

Supressores naturais ajudam reduzir o apetite sem passar fome

Emagrecimento saudável sem desistir no meio do caminho

Há quem diga que o segredo do emagrecimento está em passar fome.

Talvez por isso que a maioria das pessoas desiste do processo antes mesmo de começá-lo.

Mas o caminho não é por aí. Tem que ser realista e querer mudar de hábitos.

O início de um novo plano alimentar de fato não é fácil e muito menos rápido.

Substituir a rotina alimentar como:

Ingerir carboidratos altamente refinados, açúcar e alimentos processados por uma dieta saudável não é uma tarefa simples e, por vezes, pode ser um pouco dolorosa.

“No entanto, uma vez que você se acostuma a esse estilo de vida, ele se torna mais prazeroso.

Em outras palavras, dieta não é – e nem pode ser – sofrimento”, ressalta o endocrinologista Dr. André Maynart.

Mas o que fazer com aquele apetite de urso?

Ainda que pouco a pouco seu organismo se adapte a um menor consumo calórico, existem alguns supressores naturais que ajudam na saciedade.

“Estes supressores são à base de plantas que agem de diferentes formas, reduzindo o apetite, bloqueando a absorção de certos nutriente.

Deste modo, aumentando a sensação de saciedade ou reduzindo o desejo por comida”, explica Dr. Maynat. Veja alguns exemplos que são ótimos supressores naturais:

Supressores-Alimentares-Im.001 Title category
Supressores Alimentares – Foto Divulgação

Fenogrego: Erva da família das leguminosas, sendo as suas sementes moídas e secas a parte mais usada.

Ela funciona diminuindo o esvaziamento do estômago e retardando a absorção de carboidratos e gorduras.

Dessa forma, ocorre uma redução do apetite e melhor controle de açúcar no sangue.

Glucomanano: Fibra solúvel amplamente conhecida, ajuda a reduzir o apetite e consequentemente a diminuir a ingestão de alimentos.

Além disso, o glucamanano pode auxiliar na redução da absorção de proteínas e gorduras.

Alimentar as bactérias do bem no intestino, ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue e ainda reduzir o colesterol total e LDL.

Gymnema sylvestre: Com propriedades antidiabéticas, essa erva possui compostos ativos chamados ácidos gimênicos.

Que, segundo estudos, diminuem a doçura dos alimentos.

A explicação para tal efeito se deve à ligação desses compostos a receptores de açúcar no intestino, que impedem a absorção do mesmo no sangue.

O que pode ajudar a manter níveis de açúcar mais baixos no sangue e a evitar o armazenamento de carboidratos como gordura.

Griffonia simplicifolia: Planta conhecida por ser uma das melhores fontes naturais de 5-hidroxitriptofano (5-HTP), um composto que é convertido em serotonina no cérebro.

Pesquisas demonstraram que o aumento de serotonina influencia o cérebro a suprimir o apetite.

Auxiliando a perda de peso, menor ingestão de carboidratos e a redução dos níveis de fome.

Caralluma fimbriata: Também utilizada como supressora de apetite, essa erva pode ajudar a aumentar a circulação de serotonina no cérebro, diminuindo a ingestão de carboidratos.

Vale lembrar que, embora essas plantas tenham esse potencial de inibir o apetite, um plano nutroterapêutico, bem como a prática regular de exercícios, precisam (e devem) ser adotados” destaca Dr.André Maynart.

 

Sigam o Egonotícias no Instagram: @egonoticias

cleardot Title category

Tags
Show More

Lourdes Castro

Nascida em São Paulo, Capital - SP, Brasil, Formada em Comunicação Social pelas Fiam- Faculdades Integradas Alcântara Machado, Pós Graduada em Administração de Marketing pela Fecap, Especialização em Assessoria de Imprensa pelo Senac. Jornalista, Assessora de Imprensa e Produtora do Programa Fama & Destaque da Apresentadora Viviane Alves, pela TV Guarulhos. MTB 15521

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker