AviaçãoTurismoViagem

Ushuaia terá mais conectividade aérea no inverno

Finalmente, depois de tantas reclamações, a Aerolineas Argentinas colocou mais voos para a cidade mais austral do planeta

Finalmente, depois de tantas reclamações, a Aerolineas Argentinas, que centralizou todos os seus voos para Bariloche, esquecendo a cidade mais austral do Planeta e por conta da maior busca de brasileiros por Ushuaia, resolveu, felizmente, colocar mais voos para aquele fantástico destino, se não o melhor deles que conta com todas as opções de diversão e uma hotelaria fantástica, além da fenomenal gastronomia fueguina.

Foto: El diario del Fim del Mundo
Coletiva de Imprensa promovida pela Aerolineas Argentinas – Foto: El Diário del Fim del Mundo

Ushuaia receberá 29% mais vôos da dita companhia aérea. Essa informação foi confirmada por executivos da companhia em uma apresentação que fizeram na capital fueguina na última sexta-feira. Para os meses de julho e agosto, haverá 41 frequências semanais. Da empresa enfatizaram que terão 900 mil assentos nesse período para os seus destinos de neve.A aposta também é que haverá muita neve em Ushuaia.

Ushuaia terá mais conectividade aérea no inverno

Especificamente no caso de Ushuaia, os executivos previram que, para julho e agosto, 136.000 assentos serão acrescentados. Eles também anunciaram que para a conexão entre Ushuaia e Córdoba, haverá um voo diário, ao contrário de 2018, quando havia quatro frequências semanais, o que significa um aumento de 71%. Da mesma forma, a conexão para Bahia Blanca terá um voo extra, tornando-se quatro frequências semanais, quando em 2018 eram 3. Enquanto isso, conectividade para El Calafate manter seus 3 serviços semanais, combinando a oferta no ano passado, embora com um aumento na oferta de assentos de 67% ao operar com aeronaves maiores.

El Calafate - Terra dos Glaciares
Hotel Posada Los Alamos a casa dos brasileiros em el Calafate e Criollos Turismo, o nosso receptivo.

A principal rota entre El Calafate e Buenos Aires será em julho, com 22 frequências por semana (10% a mais que no ano passado), que será 28 de agosto (28 % mais que 2018). Além das três 3 frequências semanais que ligam a cidade de Santa Cruz a Ushuaia. No total, haverá 78.000 assentos disponíveis no bimestre. Por outro lado, os executivos da companhia destacaram que, no último mês, a Aerolineas Argentinas atingiu o maior número de passageiros transportados em seus voos de cabotagem por um mês de março. Os 867.043 passageiros que percorreram o país compõem um recorde absoluto para este período, superando inclusive o excelente desempenho registrado no mesmo mês do ano passado, quando 840.635 passageiros viajaram.

Ushuaia terá mais conectividade aérea no inverno

A partir deste mês, o novo Hub Ezeiza está em operação. A partir da transferência dos voos regionais para o aeroporto internacional, Aerolineas Argentinas está trabalhando para promover a interligação do exterior e interior do país desta forma, com o mínimo de tempo, o que não é verdade, pois todo o turista terá que desembarcar no Aeroporto de Ezeiza, pegar toda a sua bagagem, deslocar-se até o outro lado de Buenos Aires, para seguir viagem a partir do Aeroparque. O Turista irá perder um tempo imenso e gastar muito mais com transfer/taxi… Portanto ao escolher teu voo, observe bem o tempo das conexões. Poderá não dar tempo de você reembarcar. Cabe informar que esses novos voos ainda não estão na grade da Aerolineas. Esperemos que isso de fato aconteça. 

Brasileiros em Ushuaia

ARGENTINA EM ALTA

Peso em baixa aumento o turismo na Argentina
Glacial Perito Moreno – El Calafate – Foto: Jeff Severino

A Aerolineas que é considerada o principal inimigo do turismo argentino, dito pele próprio trade deles, pois quando mais precisam, principalmente em finais de semana, feriadões prolongados ou férias, eles costumam fazer “paro”, (greve). A Aerolineas Argentinas precisa entender de uma vez por todas que a desvalorização do peso argentino aumentou o interesse de viajantes internacionais por esse fenomenal destino. De acordo com dados da Forward Keys, que analisa reservas aéreas, as viagens ao país entre março e maio estão 11,2% acima do mesmo período do ano passado. Para toda a América do Sul, as reservas antecipadas registram um aumento de 5,8%. Entre março de 2018 e fevereiro de 2019, as chegadas de viajantes internacionais para a Argentina aumentaram 3,9%, abaixo do crescimento regional, que foi de 5,5%. A Aerolineas tem que deixar de ser um problema e se tornar uma solução.

Peso em baixa aumento o turismo na Argentina
El Chaltén – Capital do trekking na Argentina – Foto: Jeff Severino

“Os viajantes estão aproveitando a taxa de câmbio mais favorável ao escolher um destino de férias. As receitas deste aumento do Turismo podem ser um pouco de alívio para a situação financeira difícil do país”, afirma o vice-presidente de Insights da Forward Keys, Olivier Ponti. Confira o top 10 de países com maior crescimento de reservas para a Argentina: 1º – Uruguai (34,3%), 2º – Reino Unido (33,5%), 3º – Brasil (31%), 4º – México (25,9%), 5º – Equador (22,9%), 6º – Bolívia (22,8%), 7º – China (21,9%), 8º – França (19,2%), 9º – Alemanha (16,5%), 10º – Israel (15,9%).

Leia ainda: Avianca Brasil – 300 frequências aéreas canceladas

turismoonline.net.br – O portal do turismo

Jefferson Severino

Jeff Severino, lageano, jornalista diplomado - SC-01571-JP, pela - UNISUL - Campus Pedra Branca - SC, profissional por sacerdócio e devoção, além de fotógrafo por paixão (passarela, eventos, mulheres, natureza). Especialista em turismo/gastronomia/hotelaria/destinos turísticos. Eterno viajante. Assessor de Imprensa da Associação Brasileira de Agentes de Viagens-SC. Articulista/colunista/editor/redator/fotógrafo de jornais e revistas e sites nacionais e internacionais. Contato: (48) 99163-7172 - TIM - WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Você é a notícia, nós publicamos!
Envie-nos uma proposta comercial.
Powered by
Fechar
Fechar