ENTRETENIMENTO

Wild Wild Country: a história de Osho como você nunca viu

Sexo, poder, dinheiro e idolatria como base de um culto religioso

Com as atuais polêmicas envolvendo o médium João de Deus, nada melhor que dissertar sobre um guru espiritual indiano que possui uma história no mínimo controversa: Osho. Esse mesmo, que assina muitas das frases motivacionais que você costuma ler.

Dividido em 6 episódios e produzida pelos irmãos Duplass, a série documental conta a história da figura por trás do guru Osho, mostrando sua humanidade, passos, estratégias e contradições ao longo da década de 80.

Muito bem produzido, o documentário entrevista todos os protagonistas da história, exceto Osho que faleceu nos anos 90. A riqueza de imagens e vídeos da época ajuda a vislumbrar como era a vida e dimensão do que era realmente o culto religioso.

rajneeshpuram-761x480 Title category
Foto: Divulgação

Rajneeshpuram, o rancho

O guru indiano tinha o sonho de viver com seus seguidores em paz e harmonia, exercendo suas técnicas de meditação e buscando a felicidade. Como foram praticamente banidos da Índia, país de origem, o líder delegou à Sheela – sua secretária – a tarefa de ir até os Estados Unidos e encontrar o local ideal.

Sheela viajou para os Estados Unidos em busca de uma solução para o objetivo de seu “mestre” e em 1981 adquiriram um rancho no deserto do estado de Oregon, com mais de 24 mil hectares. O rancho (que foi comprado por 5 milhões de dólares arrecadados em doações) virou uma cidade em poucos meses e era praticamente auto suficiente: havia mercados, escolas, lojas, bancos e vários estabelecimentos. Até aeroporto a comunidade possuía.

Con-Man-667x480 Title category
Foto: Divulgação

Havia vários moradores que contribuíam para o bem estar da comunidade: entre eles engenheiros, médicos, advogados e outros. As vestimentas eram trajes vermelhos, laranja, rosa ou levemente lilás.

Na teoria, Rajneeshpuram era a cidade ideal para se viver, mas a prática se mostrava diferente: os conflitos com os norte americanos locais aumentava a medida que o domínio e poder de Osho se evidenciavam.

Mas por que os vizinhos do rancho se incomodavam tanto com a comunidade que pregava amor, paz, liberdade e seguia um guru que ensinava técnicas da arte da meditação e despertar da consciência?

Bhagwan-Shree-Rajneesh-Osho-e-sannyasis-637x480 Title category
Foto: Divulgação

Aproveitador?

Para muitos americanos era evidente que Bhagwan era um “aproveitador”, pois nunca escondeu ser grande fã de relógios caros e carros importados. Ele chegou a ter mais de 10 Rolls-Royce na garagem e se orgulhava muito dessas conquistas materiais.

O guru era defensor da criatividade e acreditava no poder do dinheiro para vivenciar plenamente as coisas mundanas. Além disso, pregava a libertação sexual para cada seguidor viver tudo que sempre desejou e com bastante intensidade.

Dinheiro, ego, poder e idolatria são os temas centrais dessa série. Ela mostra como o poder divide, muda e influencia as pessoas.

sheela-1280-780x439 Title category
Sheela e Osho. Foto: Divulgação

Sheela, a dama de ferro de Osho

Sheela, a secretária pessoal e porta voz do guru se mostra uma pessoa totalmente à frente do seu tempo e da sociedade que vivia. O que esperar de uma mulher que derrubou a secretária anterior de Bhagwan, Laxmi, para se tornar o braço-direito?

Extremamente meticulosa e calculista, foi alvo de acusações como instalar escutas ilegais em diversas casas da comunidade americana e de pôr fogo em um escritório da administração local. Como se não bastasse, foi acusada de orquestrar um ataque que contaminou cerca de 750 pessoas da cidade vizinha com Salmonella e  de planejar tentativas de assassinato contra um promotor público e contra o médico do seu líder.

Como foi porta-voz de seu mestre, ele atribuiu à mesma a responsabilidade pelos principais crimes cometidos no Oregon. Sobre o envenenamento e planos de assassinato a própria Sheela admite seu envolvimento – sem o menor pudor.

Polêmica, adorava aparecer em frente às câmeras e manipular todo tipo de informação para ter vantagem sobre os norte-americanos que se incomodavam.

Em entrevista, quando uma moradora de Antelope acusa Bhagwan de possuir 14 Rolls Royces, Sheela a corrige satisfeita dizendo que eles já tinham 20.

7cd7cd54bb559a9073347e7a4c73a53a6fe95669-780x324 Title category
Foto: Divulgação

Em 6 horas de documentário você ficará perplexo(a) com tantas reviravoltas nessa história que mais parece ficção!

A série está disponível pela Netflix, não deixe de assistir!

Wild Wild Country (Wild Wild Country, 2018)
Direção: Chapman Way e Maclain Way
Com os depoimentos de: Osho, Ma Anand Sheela, George Meredith, Jon Bowerman, Krishna Devi, Ma Prem Hasya, Kelly McGreer, Jane Stork, Ma Prem Sunshine

 

LEIA MAIS: Greta Van Fleet: para os amantes do rock’n’rollGreta Van Fleet: para os amantes do rock’n’roll

Tags
Show More

Juliana Umbelino

Escritora e social media, atua com revisão e produção de conteúdo para web. Possui um ebook publicado, atua em trabalhos que envolvem shows, eventos, estratégias de marketing. Ministra palestras sobre web, redes sociais e influenciadores. Também faz parte da Digital Blogger, assessoria para Influenciadores e marcas. Além disso é apaixonada por livros, filmes, séries, quadrinhos, teatro e música. É uma nerd raiz, por assim dizer.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker