MIDIA 05 – Top Mega Banner 970 x 250 – DESK
Saúde e Bem-Estar

Intolerância ao Glúten: Todos Nós Temos

O glúten é o principal vilão da doença celíaca e da intolerância ao glúten, condição que não para de aumentar

O número de pessoas com intolerância ao glúten não para de crescer. O que pouca gente sabe é que, de fato, todos nós temos, em maior ou menor intensidade, alguma intolerância ao glúten.

Problemas intestinais, dores de cabeça, falta de concentração, podem estar relacionados ao glúten!

O glúten

Glúten é uma proteína resultante da mistura de outras duas proteínas, a gliadina e a glutenina, encontradas naturalmente na farinha de trigo e que se forma quando na presença de água mais energia. Ou seja, é o próprio processo de fabricação dos alimentos que forma o glúten.

Encontramos o glúten no trigo, na aveia, no centeio e na cevada. Bem como em diversos alimentos processados que consumimos como pães, bolos, biscoitos, macarrão, tortas, pizzas, cerveja, alguns molhos e temperos. É ele que ajuda no crescimento das massas e dá maciez e elasticidade característica.

Por que somos intolerantes ao glúten?

O que explica o aumento do número de casos de intolerância ao glúten? Ele tem relação direta com o aumento do consumo de alimentos industrializados.

O trigo não é mais o mesmo. Cada vez mais híbridos de trigo são produzidos fazendo com que a concentração de glúten aumentasse 400% no grão.

O pão também não é mais o mesmo. Não só o trigo com mais glúten é usado para sua fabricação, mas também ele é industrializado e não tem um longo período de fermentação como quando era feito em casa. Por isso, o pão integral é ainda pior, pois mais glúten é adicionado para deixá-lo mais macio.

Em suma, estamos consumindo mais glúten do que antigamente e nosso organismo não está preparado para essa quantidade.

Mesmo que até então a pessoa não apresente nenhum sintoma de hipersensibilidade ao glúten, contudo, se continuar consumindo em grandes quantidades, a intolerância pode surgir mesmo na idade adulta.

glúten-2 Title category
Foto Divulgação: Intolerância ao Glúten: Todos Nós Temos – Detox Kriyá

Sintomas gastrointestinais da intolerância ao glúten incluem: excesso de gases, dor no estômago, diarreia ou prisão de ventre, inchaço abdominal.

 Porém, mais de 50 doenças podem ser atribuídas ao glúten, tais como:

    Mudança de humor,

    Agressividade,

    Menor disposição física,

    Problemas de memória e capacidade cognitiva,

    Anemia, osteoporose,

    Infertilidade,

    Problemas na tireoide.

O Tratamento

Controlar a alimentação é parte principal do tratamento da intolerância ao glúten.

Assim, alimentos ricos em glúten como carboidratos, alimentos industrializados, agridem o intestino e contribuem para a perda da saúde intestinal.

Precisamos devolver a saúde dos intestinos, uma vez que ele tem papel importante no sistema imunológico e na saúde de todo o organismo.

POstado-2 Title category
Foto Divulgação: Detox Kriyá

 

O Detox Kriyá faz isso pela sua saúde. O Programa Detox Kriyá não só recupera a saúde do intestino, mas também fortalece e restabelece o bom funcionamento do organismo.


Leia também:
Doenças Intestinais, Conheça as Principais

Eu sou Bianca Enricone, agradeço a sua companhia até aqui e convido você a embarcar nessa jornada em busca de uma vida plena! Peço que visite o site e as redes sociais se inscreva no canal, e me ajude a divulgar e compartilhar a saúde integral.

Entre em contato comigo pelo whats app 47 98495-2112

bia Title category
Foto Divulgação: Bianca Enricone

Facebook:https://www.facebook.com/detoxkriya/ e                          https://www.facebook.com/biancaenriconeterapeuta/

Instagram: @detoxkriya

Google+: https://plus.google.com/u/3/111958815793596081412

YouTube:https://www.youtube.com/channel/UCaYusxu3whB84YZ5f2nYlig?view_as=subscriber

Tags
Show More

Bianca Enricone

A saúde de forma INTEGRAL pode ser caracterizada pelo perfeito equilíbrio entre MENTE e CORPO. Busco a vida plena e saudável como inspiração e meta pessoal

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker