EntretenimentoInfantil

Máquina gigante de pelúcias nova febre entre adultos e crianças

A nova atração instalada na Praça de Eventos do Catuaí Shopping Maringá virou febre entre adultos e crianças na última semana.

Máquina gigante de pelúcias é nova febre entre adultos e crianças.

A princípio, Instalada no Catuaí Maringá, máquina da Mega Plush é inédita e exclusiva na região.

Equipamento tem 4,2 metros de altura, com cerca de 60 pelúcias dentro.

A nova atração instalada na Praça de Eventos do Catuaí Shopping Maringá virou febre entre adultos e crianças na última semana.

Além disso, a grua de pelúcias da marca Mega Plush tem um diferencial, o tamanho. Com 4,2 metros de altura, a máquina contém cerca de 60 pelúcias gigantes e surpreendeu o público que passeou pelo shopping, como a digital influencer Jessica Ivi:

Conseguiu “pescar” duas pelúcias gigantes.

Máquina gigante de pelúcias nova febre entre adultos e crianças
Mega Plush Catuai Maringa – Jessica Ivi – Foto Divulgação

“Sempre joguei nessas máquinas comuns que têm em shoppings, mas é a primeira vez que vejo uma máquina gigante assim, achei o máximo”, conta Jéssica, que conseguiu “pescar” duas pelúcias gigantes.

Em primeiro lugar, “Consegui pegar a pelúcia do Stitch, que sou apaixonada, e de quebra ainda consegui pegar o Pikachu também. Tinha uma plateia em volta assistindo à jogada e torcendo, virou uma febre”, relata.

O valor para jogar na Mega Plush é de R$ 10. A máquina aceita pagamento em dinheiro ou cartão.

O manuseio do equipamento é simples, basta direcionar a garra com o auxílio da manopla até o prêmio desejado e apertar o botão para descer a garra, explica a dona da máquina, Stelamaris Sanches.

São dezenas de opções de pelúcias, como dos Minions, Minnie, Garfield, ursos e afins.

Durante os seis dias em que a máquina foi instalada no shopping, 112 pelúcias já foram pescadas pelo público. De acordo com Stelamaris, a dica para conseguir resgatar um prêmio é analisar a posição das pelúcias. “O ideal é não focar em uma pelúcia que esteja numa posição complicada, mais escondida ou pressionada por outras. Quando o jogador foca em uma pelúcia que está mais acima das outras, em uma posição mais favorável, as chances de conseguir pegar é maior”, ressalta.

Fotos: Divulgação Instagram / Arquivo Pessoal

Foto da Capa: Divulgação

Fonte: Karen Faccin
Pagina 1 Comunicação

“Relógio que atrasa não adianta”. A hora H na assessoria de imprensa.

Etiquetas

Marcos Morrone

Nascido em São Paulo Capital: Fotógrafo Profissional e Produtor Musical. CEO do Grupo Morrone Comunicações Ltda.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar