Arte e Cultura

Projeto Contágio atinge mais de 3000 pessoas com teatro e oficinas para crianças em Itajaí

O Projeto Contágio, do Grupo Risco de Teatro, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura

Mais de 3000 pessoas foram atingidas entre os meses de setembro e novembro pela arte em Itajaí. Esse é o projeto chamado Contágio – Circulação e Partilha, criado pelo Grupo Risco de Teatro. O projeto Contágio circulou por 10 bairros de Itajaí entre setembro e outubro levando o repertório de trabalho do Grupo Risco e trouxe espetáculos de mais 5 grupos itajaienses para diferentes bairros da cidade. Entre todos os participantes, crianças, adolescentes e adultos assistiram a peças e fizeram oficinas 100% gratuitas.

Em seu segundo ano de realização, o projeto Contágio foi criado com dois objetivos: levar a arte para lugares diferentes para descentralizar e democratizar o acesso à cultura, e fomentar a criação de público na nossa cidade principalmente com as ações voltadas à infância. Com os números alcançados e depoimentos colhidos a conclusão é de que o projeto cumpriu sua proposta e foi um dos projetos aprovados pela Lei de Incentivo à Cultura 2018 de maior alcance.

Durante os meses de trabalho, cerca de 2000 crianças receberam os atores Rafael Orsi de Melo e Rodolfo Lemos para uma apresentação da Narrativa de histórias Diferente seguida de uma roda de conversa sobre literatura e de uma oficina de teatro ministrada pelos atores do grupo e planejada especialmente para a ação. Foram participantes dessa edição as escolas: Escola Básica Padre Jose de Anchieta (Canhanduba), Escola Básica José Fernandes Potter (Espinheiros), Escola Básica Francisco Celso Mafra (Itaipava), Escola Básica de Campo Maria do Carmo Vieira (Baía), Grupo Escolar Guilhermina Büchele Müller (Fazenda), Centro Educacional Pedro Rizzi (Cidade Nova), Parque Dom Bosco (Dom Bosco), SESC Itajaí (Centro), Escola Básica Professor Martinho Gervasi (Brilhante II), Escola Básica João Duarte (São João).

O ator Rodolfo Lemos, do Grupo Risco de Teatro, conta que esse ano o projeto superou as expectativas que tinha como artista. “As oficinas tiveram muita adesão das crianças, que realmente mergulhavam no momento e perguntavam coisas sobre o espetáculo e até sobre as nossas vidas. O que também é muito bacana porque mostra que o artista não é um pessoa distante ou diferente”. Rodolfo comenta ainda que a etapa Partilha, que teve a participação de outros grupos da cidade foi de grande riqueza para ele e Rafael enquanto artistas e, com certeza, também para o público.

A importância da arte nas escolas

O projeto, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura de Itajaí com Renúncia Fiscal da APM Terminals, prova a importância de ações culturais e de formação para crianças e adultos. Dentre as crianças que participaram das ações formativas, muitas nunca haviam tido contato com uma oficina de teatro e pouco contato com espetáculos em si. Vale destacar o lindo trabalho das escolas que acolheram a ação e incentivaram sua realização justamente por reconhecer a extrema importância da arte na formação de cidadãos.

Leia+:Roberto Villardo é o novo chef no Infinity Blue Resort & Spa

cleardot Title category

Tags
Show More

Rosilene Bejarano

Nascida em Corumba Ms: - Blogueira ( Coisas Do Sul) (egonoticias) Miss Plus Senior SC, Modelo Plus, Embaixadora da Paz, atualmente resido em Joinville Santa Catarina, cursando marketing digital,formada em Hotelaria e excelência em atendimento, técnicas Imobiliárias,Secretaria nacional da Abramecom. Recebi o premio internacional de imprensa empreendedora Dr Rey 2017. Siga o egonoticias: http//instagram.com/egonoticias Siga a Colunista: http://instagram.com/rosilenebejarano Veja todos os meus posts: https://www.egonoticias.com.br/autor/rosilene-bejarano/

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker