Arte e Cultura

Inscrições abertas para a palestra “Bailarinas na São Paulo de 1940: preconceito estético e profissional”

Encontro discute como eram vistas no âmbito familiar e social as mulheres que optaram por ser artistas da dança nas décadas de 30 e 40 em São Paulo. E o preconceito da classe burguesa paulistana com a dança moderna e o controle da criatividade.

Inscrições abertas para a palestra “Bailarinas na São Paulo de 1940: preconceito estético e profissional”

A Casa-Museu Ema Klabin promove no dia 25 de agosto, das 11h às13h , a palestra “Bailarinas na São Paulo de 1940: preconceito estético e profissional”.

O encontro será ministrado pela pedagoga e doutora em História Social Simone Alcântara.

São trinta vagas e a inscrição pode ser realizada no site: https://emaklabin.org.br

A história da formação em dança na cidade de São Paulo nos anos de 1940 é marcada pelo novo olhar para as jovens que pretendiam ser bailarinas profissionais.

Por outro lado, pelas vistas da sociedade paulistana conservadora, o aprendizado da dança era para dar bons modos as suas filhas e não para serem profissionais.

palestra-As-bailarinas-na-São-Paulo-de-1940_Fe-Maidel-Fernando-Szklarowsky-Ana-Cristina-585x480 Title category
Diagrama: Estudos para três bailarinas Fe Maidel. Técnica mista sobre papel Arches tourchon 1999. Foto divulgação.

O encontro destacará ainda  a trajetória de mulheres que transcenderam, de alguma forma, a questão da mulher como bailarina profissional e também a inovação estética na dança.

A atividade integra o Ciclo de Palestras “Mulheres e seus saberes”, que promove discussões,  e reflexões históricas e contemporâneas sobre o pioneirismo das mulheres em diversas áreas das artes e do conhecimento.

Leia Mais: SP recebe evento com oportunidades de imigração para o Canadá

Sobre a palestrante:

Simone Alcântara é  pedagoga e doutora em História Social, pela USP-SP.

Também foi membro de comissões como Lei Mendonça, Fundação Vitae, PROAC Circulação de Dança e jurada do Movimentos da Dança SESC, do Mapa Cultural Paulista e da APCA.

 Atuou como Oficial de Projeto pela UNESCO-SP; formadora de educadores pelo Instituto Avisa Lá e Museu da Pessoa.

Atualmente é membro da Comissão do Prêmio Denilto Gomes, consultora de Dança e docente convidada do Curso de Pós-Graduação em Dança e Consciência Corporal pela ESTÁCIO, FMU e também USCS.

Serviço:

Ciclo de palestras Mulher e seus saberes – Bailarinas na São Paulo de 1940: Preconceito estético e profissional –  Simone Alcântara

Data: 25 de agosto – sábado

Horário: 11h às 13h

Investimento: R$ 40,00

30 vagas

Inscrições: pelo site: www.emaklabin.org.br/

Fundação Ema Klabin

Endereço: Rua Portugal, 43, Jardim Europa – São Paulo.  Tel: 55 11 3897-3232

Leia Mais: Luiz Toledo, o arquiteto dos bolos

Tags
Show More

Cristina Aguilera

Cristina Aguilera é jornalista com pós graduação em Mídias na Educação pela Universidade de São Paulo (USP) . Foi repórter de tv, rádio, revista, assinou colunas de Turismo e Moda. É co autora do livro “ A educação contada pela imprensa” junto com Cesar Callegari, membro do Conselho Nacional de Educação (CNE). Adora moda, turismo, educação, literatura, designer e cultura.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker