MIDIA 05 – Top Mega Banner 970 x 250 – DESK
Gastronomia

Emagrecer rápido e urgente: por quê parece tão difícil?

Seu objetivo é emagrecer? Veja dicas importantes e surpreendentes dadas por Fernanda Volner Gitte, orientadora de nutrição comportamental.

Você já deve ter lido inúmeros artigos sobre como emagrecer rápido, urgente, com dicas e soluções mágicas.
Na teoria, parece algo fácil: basta cortar doces, frituras e todo o tipo de alimentos calóricos, fazer exercícios físicos regularmente e pronto!

Mas por que é tão difícil seguir esses conselhos?

Enquanto uma pessoa que sempre foi magra come só coisas ditas como saudáveis, no horário certo das refeições, a pessoa que está fora do peso vive com vontade de “comer uma coisinha”, especialmente alimentos calóricos, e nada o sacia.

Já parou para pensar por quê você come?

  • Para se nutrir ou só porque é gostoso?
  • Come preocupado com calorias?
  • Come só para experimentar?
  • Come porque já está pago ou porque é caro?
  • Come porque é de graça?
  • Come para não desperdiçar?
  • Come para ter alívio?
  • Come porque pode acabar?
  • Come porque tem bastante?
  • Come sem conseguir se controlar?

A boa notícia é que esse comportamento incontrolável tem solução, e não é fechar a boca. 
Dietas restritivas só nos fazem pensar no fim da dieta.
A princípio, você pode até conseguir emagrecer rápido, urgente, mas depois de algum tempo, o pensamento é só quando enfim, vamos cair de boca na comilança novamente.

Emagrecer rápido, urgente X dieta comportamental

Querer emagrecer rápido, com dietas da moda, normalmente super restritivas, é um padrão de comportamento que pode e deve ser mudado.

Você não engordou rápido, então, por quê querer emagrecer em uma semana ou em um mês?

O mais indicado é ter um acompanhamento especializado, com uma nutricionista ou grupo de apoio.
Assim, ao invés de emagrecer rápido e urgente, você vai conseguir emagrecer definitivamente, por meio de uma mudança de padrão de pensamento que engorda.

No início do processo você pode até seguir uma lista de alimentos, para sentir segurança e então comer livremente.
Mas depois desse período inicial o ideal é ouvir o que o corpo pede, sempre com uma fome real e não para suprir qualquer sentimento.

O que seu corpo quer comer?

A ideia de que o corpo é sábio e que você vai sentir vontade de comer uma salada parece muito distante e complicada, mas na verdade não é. É claro que para isso é preciso ter força de vontade.

Imagine que está em um jogo de tabuleiro. Voltar algumas casas e ter uma recaída é normal em qualquer momento do jogo, mas se parar de jogar, nunca chegará ao final.

Uma dica importante é manter sempre a geladeira abastecida com produtos saudáveis e naturais.

Reeducação alimentar

Como em qualquer dieta, você vai precisar de treinamento, limites e persistência.

Só então vai ver os resultados. A grande diferença é que emagrecendo a cabeça e abrindo a mente para mudar tudo o que sempre soube sobre alimentação, o emagrecimento será definitivo.

Por onde começar

1.   Quando comer

Algumas linhas mais conservadoras, dizem que o correto é comer de 3 em 3 horas, enquanto outras dizem 5 a 6 horas, ou até mais.
O melhor mesmo é comer quando tiver fome, apenas para alimentar o corpo e não sentimentos.

Os bebês tem a capacidade de identificar a fome, por isso mamam de acordo com ela (e não de acordo com o tamanho da mamadeira).
Infelizmente, com o passar do tempo, damos outros significados à comida.

Quando sentir fome coloque a mão no estômago, olhe para o relógio e pense se já está mesmo na hora de comer.

Essa dica vale para qualquer situação, inclusive em ocasiões sociais.
Ah! E bebidas alcoólicas também contam.

Quando estiver bebendo uma cervejinha com amigos, pergunte-se se está bebendo apenas para fazer parte do grupo ou se realmente está com vontade.
Você pode muito bem conversar bebendo água.

2. Quando parar de comer

A resposta é simples: quando estiver saciado.
Apenas lembre-se que o cérebro demora 20 minutos para avisar o estômago que está saciado.
Portanto, coma devagar e mastigue muito bem os alimentos.

3. O que comer

Coma o que o corpo pedir.
Se estiver com vontade de comer uma sobremesa, comece a refeição por ela.

Assim, não vai comer correndo apenas pensando no doce.

Imagine essa situação:

Você chegou do trabalho às 19h, com fome de verdade, e com vontade de comer um doce. Então, resolve jantar.

Ainda não está satisfeito, então toma uma sopa ou um peixe, pois é mais saudável.
Só que a vontade do doce ainda não passou, então, come um pouco mais, para evitar a sobremesa.

Você fica empanturrado e insatisfeito, pois ainda queria aquele docinho. Depois de algum tempo não resiste e come a sobremesa.

Se identificou? Pois é, se tivesse comido a sobremesa logo de cara, teria evitado o excesso e estaria satisfeito.

Acredite no seu corpo! Com o tempo, vai se surpreender com vontade de comer frutas e saladas.
Ao resgatar esses sinais naturais, vai perceber que o corpo pede coisas da natureza.

Quando estiver com vontade de comer um lanche engordativo, pense em como vai cair no seu estômago. 
Se a sensação não for boa, seu corpo vai te dar outra opção

 4. Nada de culpa!

Não ligue para o que vão dizer.
Sempre vai aparecer alguém questionando as escolhas do seu corpo.

Ou porque “alguém de dieta não pode comer isso” ou porque “você está muito estranho desde que começou com essa dieta”.
Só você mesmo pode saber sobre o seu corpo.
Trate as verdadeiras questões que te levam à compulsão e não desconte na comida.
Mas quando tiver vontade de algo, coma sim.

E ame-se sempre!

Sobre Fernanda Volner Gitte

Fernanda é orientadora de nutrição comportamental e sócia idealizadora na Donantonia.

Sobre a Donantonia

Pilotada pelo chef Éder Gitte, a Donantonia entrega refeições gostosas e práticas, feitas com amor e temperos caseiros, utilizando a tecnologia da embalagem a vácuo.

Tudo é fresco, sem conservantes nem nada artificial. Os produtos são refrigerados (não congelados), com durabilidade estendida pelo processo de embalagem (mínimo 5 dias na geladeira), conservando todo o sabor, textura e nutrientes.
Na hora de comer, basta ferver água e aquecer todos os saquinhos juntos por 5 a 10 minutos.
É saudável, prático e muito gostoso.

O cardápio para o dia a dia é atualizado semanalmente com opções que respeitam a sazonalidade dos alimentos.
Já os cardápios especiais, apresentam pratos selecionados para ocasiões especiais.
Há ainda cardápios personalizados, feitos sob demanda, para comemorações em casa ou salão de festas, de forma prática e criativa.

SERVIÇO

Donantonia
Site: www.donantoniasp.com.br
Whatsapp: (11) 99269-8103
Telefone: (11) 4229-4963
E-mail: [email protected]

Siga o Egonotícias: @egonoticias
Siga a Colunista: @cinthiasouto

Siga Donantonia: @donantoniasp
Conheça Donantonia no Facebook: @donantoniasp


Leia também
Sugestões de drinks que ajudam a refrescar!

Tags
Mostrar Mais

Cínthia Souto

Nascida em São Paulo, SP, Brasil. Mercadóloga, publicitária e assessora de imprensa, atuou nas principais empresas de comunicação do país e hoje é head na OUI Comunicação.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios