Arte e Cultura

Instituto Internacional Juarez Machado recebe exposição Escuridão Iluminada

Obras trazem fusão entre fotografia artes gráficas e pintura

Um ano após o lançamento do inovador livro VIVA A VIDA (Creative Process: Florianópolis, 2018), o qual apresenta uma interpretação altamente pessoal das viagens que realizou ao redor do mundo, a exposição “Escuridão Iluminada” traduz a abordagem multidisciplinar de Lauro Andrade às artes plásticas. Acompanhadas de uma trilha sonora criada especificamente para a mostra, pelo curador canadense Scott MacLeay, que também é artista de novas mídias e compositor, o trabalho resulta em uma instalação imersiva que evoca representações oníricas de tais experiências. O resultado do trabalho poderá ser apreciado a partir do dia 23 de novembro, às 10h, na vernissage que abre a exposição no Instituto Internacional Juarez Machado, em Joinville (SC).

As viagens do arquiteto aposentado pelo mundo, com lugares como Tanzânia, Irã, Nepal e Índia, têm um propósito singular. Elas são autobiográficas. Constituem uma maneira de ganhar perspectivas valiosas na jornada pessoal pela vida. Andrade não documenta suas viagens de maneira tradicional. Ele emprega a fotografia como uma ferramenta para coletar dados na forma de imagens, tanto de pessoas quanto de lugares. “Ao sair para fotografar, a emoção antecipa o meu olhar e alimenta a minha busca de situações fora do senso comum, o acaso. Nessas andanças mundo afora no processo de captura, vejo as cenas imagéticas esfaceladas”, conta Andrade. As viagens são, simultaneamente, espelhos e janelas: trazem clareza e profundidade aos seus pensamentos, sentimentos e perspectivas sobre o lugar que ocupa no universo.

“Faço parte de uma geração destruída, fragilizada com a quebra de tabus. Nasci no final da segunda guerra mundial e aqui no Brasil fim do Estado Novo e mudança da capital federal para Brasília, que traz uma nova visão de arquitetura e urbanismo. Surge a geração do rock, acontece o Festival de Woodstock e explode a contracultura, que vem quebrando comportamentos e conceitos nessa globalização. Com todas essas mudanças, vejo nas minhas imagens fragmentadas um novo processo de compor esse mosaico social, criando novos ambientes das cenas imagéticas com cortes, interferências e quebra de regras da fotografia. Crio uma narrativa poética dos fragmentos”, analisa o artista de novas mídias.

Em virtude disso, imagens de pessoas e lugares nesta exposição refletem compreensões acerca de uma realidade existencial particular, uma dinâmica de interações imprevisíveis em constante evolução. Ilustram a importância da visão periférica e a interferência desta na compreensão de sua própria vida e das dos outros. “Ele parece ter olhos atrás da cabeça ao reunir fragmentos e detalhes de sua visão periférica, priorizando-os ao compor uma visão panorâmica de sensações e pensamentos reflexivos sobre suas experiências”, diz o curador da mostra.

O processo criativo de Andrade envolve a desconstrução, reestruturação, repetição e reconstrução de imagens compostas de fragmentos de fotografias entrelaçadas com elementos gráficos arrojados sem textura. O resultado é uma forma dúbia de realismo semi-abstrato, com nuances impressionistas ambíguas.

A magia da obra de Andrade é encontrada em sua capacidade de identificar e revelar significados simbólicos onde a maioria de nós não percebe nada de aparente importância. As justaposições que ele propõe expressam a ambivalência do uso da interferência como metáfora para os eventos inesperados que constantemente animam nossas vidas das formas mais improváveis e íntimas – ambiguidade que é tão concretamente produtiva quanto fugaz e intangível.

A exposição “Escuridão Iluminada” abre no dia 23 de novembro, às 10h, no Instituto Internacional Juarez Machado. A visitação segue até o dia 7 de fevereiro de 2020, sempre de terça a sábado, das 10 às 18h30. Domingos e feriados das 15 às 18h30. A entrada para a mostra é gratuita.

Jornalista: Fernanda Ourique

Jornalista: Fernanda OuriqueInstituto Internacional Juarez Machado

Foto Divulgação

Que tal conferir como foi: Shopping no Recreio inaugurou a sua primeira galeria de arte

Assistir aos programas do Canal Ego TV e terá acesso à grade completa da Apresentadora: Rosilene Bejarano

Rosilene Bejarano

Rosilene Bejarano,nascida em Corumba Ms Digital Influencer, blogueira revista eletrônica Coisas Do Sul, assino para as revistas Egonoticias de Balneário Camboriú, Top Society de Lages, Lithoral News de Itajaí. Palestrante com o tema (Estrutura familiar e mulheres na politica) recebi o titulo de Embaixadora da Paz em 2018, atualmente resido em Joinville Santa Catarina, cursando marketing digital,formada em Hotelaria e excelência em atendimento, sou a Vice presidente da Abramecom (Associação Brasileira de Colunistas Sociais e de Mídia Eletrônica) Recebi o premio internacional de imprensa empreendedora Dr Rey 2017. Premio destaque de Mídia Eletrônica SC da Revista Lithoral News, Premio destaque imprensa revelação SC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar