AtletismoCiclismoOlimpiadas

Triatleta mineiro Thiago Vinhal é destaque em nível nacional

O triatleta profissional mineiro Thiago Vinhal tem dado o que falar em nível nacional. Primeiro negro a competir no mundial de Ironman na categoria profissional em 2017, com recorde de tempo brasileiro da história do Ironman mundial.

No mesmo ano, o triatleta já está imerso em sua temporada de treinos na Espanha, com agenda de competições definida, no caminho para garantir mais uma vez sua participação do Ironman mundial esse ano.

Anualmente, o mineiro passa sua temporada de treinos em Mallorca, a maior ilha do arquipélago das Ilhas Baleares localizado a leste da Espanha para atingir condições adequadas nesta fase mais intensa do treinamento, já que no Brasil, não há estrutura para treinamento de triatletas profissionais da ca tegoria I ronman.

Os treinos no arquipélago são coordenados por Frank Jakobsen, treinador de Vinhal, e conhecido por treinar os maiores triatletas do mundo. Esse ano, além de Vinhal, participam do treino concentrado os atletas Mikkel Mortensen e Henrik Jakobsen, da Dinamarca, além de Jesper Svensson, da Suécia. Em entrevista, ele conta um pouco de sua trajetória.

Quando e como começou a praticar esportes? Já iniciou no triathlon? De onde veio o interesse pelo esporte?

O esporte sempre faz parte da minha vida desde criança. Comecei a praticar natação aos 3 anos de idade, porque era uma criança muito agitada, e meus pais acharam que seria bom para gastar a energia que tinha de sobra.

Com o passar do tempo, eu fui gostando mais e mais, e estudei numa escola de BH que incentivava muito a prática de esportes de maneira geral. Foi um ‘empurrão’ dos meus pais, mesmo que sem querer, me tornaram o que sou hoje.

Aos poucos, comecei a pegar o gosto também pela corrida, corria de vez em quando, participava de algumas provas. A virada para o triathlon veio por acaso mesmo. Eu já nadava e gostava muito de correr. Aos 18 anos, tinha carreira como modelo, e uma pessoa da minha agência na época me pediu fazer alguma coisa pa ra ficar com o corpo mais definido.

Nisso, comecei a fazer spinning. Por mais engraçado que seja, foi por causa desse pedido que eu descobri o que eu amava, unindo a natação, à corrida e ao ciclismo. Com o tempo, percebi que eu podia ser bom naquilo, descobri minha real paixão.

Como ocorreu sua profissionalização? Como foi a transição?

Nessa mesma época, eu já comecei a competir. Fiz uma prova de aquatlon (natação e corrida) do Minas Tênis Clube e fiquei em 4º lugar geral. No mesmo ano, 2003, eu já comprei minha primeira bike e jamais parei. Fui treinando e comecei a competir pra valer.

 Fui campeão triatleta mineiro, brasileiro e panamericano das modalidades mais curtas do triathlon e, no meu primeiro Ironman, em 2011, fui campeão nacional da minha categoria na época – de 25 a 29 anos, ainda como triatleta  amador. Só não fui para o mundial como amador porque fui convidado a participar do programa de TV Hipertensão.

Descobri que meus próprios limites estavam acima do que eu imaginava, me apaixonei pela prova, pela dist& acirc;ncia do Ironman, e, já no ano seguinte, em 2012, competi como atleta profissional, já com o objetivo de participar do Mundial em Kona. Hoje, seis anos depois, estou aqui entre os 50 melhores do mundo, com a oportunidade de viver meu sonho no mundial pela terceira vez, já tendo feito história na minha primeira participação em 2017.

Quais são os principais benefícios da prática de triathlon para sua vida? E os cuidados que precisa ter, enquanto atleta?

Eu acredito que, para conseguir alcançar nossos sonhos, devemos enxergar nos erros uma oportunidade de aprendizado e saber recomeçar sempre, com fé.

Precisamos ter consciência de que somos seres humanos, vamos cometer erros e nos frustrar por inúmeras circunstâncias, e aqueles que conseguem conquistar seus sonhos não são diferentes ou especiais, ao invés de abaixar a cabeça, apenas têm consciência de que perdemos muito mais do que ganhamos, e saber perder e retirar algo positivo disso, recomeçando com esses aprendizados e mantendo a fé, a cada dia, é ainda mais desafiador que ganhar.

Esse aprendizado é um dos maiores benefícios que o triahtlon trouxe para minha vida, e isso a prática do triathlon ensina, seja em nível profissional, ou em nível amador, desde que o atleta encare o esporte como um sonho, e esteja disposto a levar a sério.

 

Triatleta mineiro Thiago Vinhal

Talvez quem não tem tanta familiaridade com o esporte pense que nadar, pedalar e correr diversas vezes na semana é o que traz o benefício do corpo em forma, da saúde em dia, e por aí vai…Mas na verdade, é o trabalho psicológico estimulado pela prática do triathlon que gera esses benefícios físicos como consequência.
Em minha rotina como atleta, acordo às 6h.

Como proteína e carboidrato e começo os treinos. São 6 horas de bicicleta, 1h de fisioterapia, 1h de natação, 12km de corrida. São 7\8h de treino por dia. E não tem descanso. O que acontece é eu treinar menos no meu dia de “folga”.

Fisicamente, o triathlon é um esporte que exige muito.                        

                                                 
Sim, tanto fisicamente, quanto psicologicamente. O treinamento e a alimentação precisam ser direcionados por especialistas, e o resultado é diretamente proporcional à disciplina que a pessoa está disposta a dedicar para se manter dentro do que foi planejado em termos de treino, alimentação e descanso.

No entanto, em provas de Ironman, que é uma das mais longas e mais duras provas de triatlhlon, é comum encontrar pessoas muito acima do peso, algumas com deficiência física, idosos,  enfim, inúmeros perfis que as pessoas poderiam achar que não estão fisicamente preparadas para participar de uma prova de triathlon.

Por isso, o triathlon é um esporte que exige fisicamente sim, mas é um dos esportes que mais depende m da vontade, determinação, da fé, da dedicação, de tal forma que você vai ver pessoas que parecem não ter conquistado uma preparação física ideal conseguindo completar duras provas de triathlon.

Acredito fortemente que a dedicação a um sonho não envolve obstáculos que não possam ser superados, nenhum obstáculo pode se tornar uma desculpa, quem tem um objetivo muito claro e forte, vai correr atrás e conseguir superar os obstáculos.

Quais suas principais conquistas?

Minha primeira grande conquista foi competir como atleta profissional no campeonato mundial de Ironman, no Havaí, em 2017, quando fui o primeiro  profissional negro a competir no mundial, e ainda terminei com o melhor tempo de prova já conquistado por um brasileiro na competição. Isso sem dúvida foi uma conquista, um sonho realizado.

Mas existem outras grandes conquistas por trás…Hoje tenho consciência plena de que a capacidade do ser humano é praticamente ilimitada para realizar aquilo que quiser.

Temos o poder de mudar o mundo! E essa consciência é o que me motiva a buscar formas de retribuir o que tenho conquistado. Poder fazer a diferença na vida de quem precisa é sem dúvida uma das minhas maiores conquistas.

O que diria para as pessoas que desejam ser mais ativas e praticar algum esporte?

Não subestime o poder da consistência, da regularidade. É melhor conseguir fazer um pouquinho a cada dia, do que não fazer nada. Conheça seu corpo, seus limites, que tipo de atividade te traz mais prazer, e comece aos poucos, se respeitando, mas de forma consistente, mantendo a frequência… e termine cada exercício físico com a sensação de bem estar, e não com a sensação de exaustão extrema, dessa forma, ele facilmente se torna um hábito.

LEIA MAIS+: Para você, o que significa ser uma Mulher Poderosa?


A publicidade digital não é uma tendência, é real!

Rodolfo Bracali

Nascido na Argentina, Rodolfo Bracali Jornalista mora no Brasil a 19 anos. Como Jornalista, Produção de Conteúdo , Apresentador do Programa Momentos no Canal TV. Tudo isso você pode acompanhar nos meus espaços na Web. +55 31- 9 9885-9387 / 31 3889-6520 - e-mail: rcb539@gmail.com - - Belo Horizonte- MG - #rodolfobracalijornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar